• Neste mês de maio, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia está completando 204 anos! Confira a história dessa Instituição bicentenária!
  • Todas as segundas e quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Dica Cultural: Balé do Teatro Castro Alves realiza apresentação gratuita

Foto: Maurício Serra / Divulgação
Balé Teatro Castro Alves (BTCA) apresenta um trabalho investigativo coordenado por Clara Trigo com bailarinos da companhia. Batizado de Irrecusável, o espetáculo nasce do compartilhamento do desejo de dançar. O espetáculo pesquisa o movimento a partir de referências afro-latino-íbero-nordestinas, passando por outras tradições musicais com as quais os dançarinos se sentem motivados a dançar. A ideia é improvisar livremente a partir do "desejo irrecusável" de movimento em cada um. Para isso, o processo tratou de mapear e explicitar alguns caminhos, trazendo à tona interseções insuspeitas entre o Flamenco e o Samba de Roda; a Capoeira e o Tango; o Funk e Danças de Orixás; Danças Árabes, Arrocha e Frevo; e tantos outros elos difíceis de nomear, sem qualquer compromisso de fidelidade com as tradições em questão.

"Irrecusável” traz uma trilha sonora original composta e executada por Duda dos Anjos e Neila Kadhí. A proposta do espetáculo, segundo a coreógrafa Clara Trigo - que possui vasta experiência como dançarina, coreógrafa, professora e pesquisadora de movimento - é o compartilhamento do desejo de dançar. “Pesquisamos movimento a partir de referências afro-latinas, ibéricas, nordestinas e até orientais, passando por múltiplas tradições musicais com as quais os dançarinos se sentem motivados a dançar”.

Mas a coreógrafa avisa que “nesta obra de trânsitos constantes e livres associações”, não há explicitamente “o flamenco”, “a capoeira”, ”o maracatu”, “o samba”, “a salsa” ou “o tango”. Na cena, ela exemplifica, a movimentação de braços materializa conexões entre arquétipos de beleza e de luta, mesclando referências yorubanas, brasileiras e ibéricas. “Nos interessa tornar visível uma existência cultural necessariamente híbrida, atravessada e em constante transformação, na qual nos constituímos”, conta Clara. O espetáculo Irrecusável se apresenta na Sala Principal do TCA, às 20h.

Acompanhando a reforma do Teatro Castro Alves (Novo TCA) iniciada no final do ano passado, o Balé também realiza neste início de 2014 o projeto Sob Rasura, em que se lança na investigação acerca das “reformas” e transformações físicas e de pensamentos experimentados por seus bailarinos ao longo desses 33 anos. “Depois de tanto tempo atuando, dançar sob novas perspectivas também interessa ao BTCA”, afirma Jorge Vermelho. Idealizado por Luiza Meireles, com filmes de Alex Soares, preparação corporal de Luiz Roberto da Silva e programação visual de Camilo Fróes, o projeto será apresentado ao público sob uma nova perspectiva: filme de dança + filme da dança realizado por meio da técnica de animação stop motion + flip book (livro de dedo). Com os dois filmes de dança e o flipbook filmados e fotografados no canteiro de obras do TCA, o BTCA vai a campo experimentar suas próprias reformas e transformações. O projeto video-dança Sob Rasura, será lançado na Sala Principal do TCA, também no dia 30/04 (quarta-feira), às 20h.

O quê: BTCA apresenta o espetáculo Irrecusável e projeto video-dança Sob Rasura
Quando: 30 de abril, às 20h
Onde: Sala Principal do TCA
Quanto: Gratuito
Fonte: tca.ba.gov.br

Agradecimento: Mulher em Cena 2014

Clique para ampliar

terça-feira, 29 de abril de 2014

Dica Cultural: Concurso Nacional Novos Poetas - Prêmio Sarau Brasil 2014 abre inscrições

Clique para ampliar
Estarão abertas as inscrições para o Concurso Nacional Novos Poetas - Prêmio Sarau Brasil 2014, de 1º de maio à 05 de junho  pelo site concursonovospoetas.com.br

Podem participar do concurso todos os brasileiros natos ou naturalizados, maiores de 16 anos. Cada candidato pode inscrever-se com até dois poemas de sua autoria com texto em língua portuguesa. O tema é livre, assim como o gênero lírico escolhido. 

Serão 250 poemas classificados. A classificação das poesias resultará no livro, Prêmio Sarau Brasil 2014 - Antologia Poética. O Concurso Literário é uma importante iniciativa de produção e distribuição cultural, alcançando o grande público, escolas e faculdades.

O quê: Concurso Nacional Novos Poetas - Prêmio Sarau Brasil 2014
Quando: 1º de maio à 05 de junho
Quanto: Inscrições gratuitas

Núcleo de Estudos e Atenção ao Uso de Drogas (NEAD) convida para o Ciclo Anual de Palestras e Debates 2014

Clique para ampliar
Com o tema central Saúde, Arte e Transformação, o Núcleo  de Estudos e Atenção ao Uso de Drogas (NEAD) promove o Ciclo Anual de Palestras e Debates 2014, com atividades entre os meses de março e dezembro na unidade da Secretaria de Segurança Pública da Bahia e na Biblioteca Pública do Estado da Bahia

No próximo dia 30 de abril, quarta feira, a Biblioteca receberá o Cine Debate Substâncias Psicoativas, um Retrato Poético, com o especialista em políticas públicas e gestão governamental, Gessé de Souza Silva. O debate acontece das 9h30 às 11h30 com entrada gratuita e certificado de participação, sem inscrição prévia. 

Desde a sua criação, em junho de 2000, o NEAD vem recebendo uma crescente demanda por uma ampliação da oferta de atendimento. Face a esse pedido, além de manter a atenção ao abuso de drogas, o Núcleo estende seus serviços para questões variadas de ordem psicológica - dificuldades emocionais individuais e familiares, adaptação funcional etc. Estes atendimentos são oferecidos a crianças, adolescentes, adultos e idosos.

O quê:  Cine Debate "Substâncias Psicoativas, um Retrato Poético"
Quando: 30 de abril, quarta feira, das 9h30 às 11h30
Onde: Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris)
Quanto: Gratuito

sábado, 26 de abril de 2014

Dica Cultural: Trocando Palavras homenageia Manoel de Barros e Dorival Caymmi

Imagem Ilustração
O Palacete das Artes promove sábado (26 de abril) mais uma edição do projeto Trocando Palavras. O público terá a oportunidade de trocar suas obras literárias, além de doar publicações para a mesma iniciativa. Às 15h, o Sarau Prosa e Poesia prestará uma homenagem ao poeta Manoel de Barros, com o convidado Bruno Masi (cantor e compositor).

E como abril é o mês da dança, o Palacete vai oferecer uma oficina de balé para crianças de 5 a 10 anos, das 15h às 16h. O objetivo da aula, com instrução da professora Elidiane Serafim, é trabalhar a coordenação motora, criatividade e a arte, consciência corporal, desenvoltura rítmica, além de leveza, graciosidade, disciplina e dedicação entre as crianças.

Às 16h, a poetisa baiana Inaiá Costa Simões lança o livro de poesia Labirinto de Eva. Na obra, suas poesias remetem ao mundo da mulher, da superação, dos planos cindidos, à busca da força, esperança e da felicidade nos mistérios da vida. São 75 páginas que contam com uma disposição gráfica criativa e sensível, com capítulos que apresentam imagens do corpo da própria poetisa e elementos da natureza, folhas e flores, remetendo a poesia visual ao mundo do Labirinto, fotografada pela renomada Alice Ramos.

O prefácio foi escrito pelo premiado poeta piauense Rubervam Du Nascimento, que recitará algumas poesias. A orelha é assinada por José Carlos Capinam. Haverá também as participações de Alexandre Leão, cantando músicas de Dorival Caymmi e do violonista Kito Matos.

A escritora lançou seu segundo livro em 2004, “Saudades e Outras Tatuagens”, publicação que integrou a VIII Bienal do Livro da Bahia. “Inaiá revela uma poesia densa de lirismo, capaz de transfigurar o real e de reordenar o caos nosso de cada dia”, refere-se o escritor baiano Guido Guerra, ao prefaciar a obra. Simões ganhou Menção Honrosa no Prêmio O Buriti 2013 – Poesias – com a poesia Superação.

O quê: Projeto Trocando Palavras
Quando: 26 de abril, sábado, das 14h às 16h
Onde: Palacete das Artes, Rua da Graça, 284
Quanto: Gratuito
Mais informações: palacetedasartes.ba.gov.br (71) 3117 6986 / 3117 6997

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Dica Cultural: Projeto “Quarta que Dança” promove apresentações gratuitas durante a semana

Foto: A Filha do Meio por Alessandra Nohvais
Desde o último dia 18, sexta passada, e até 29 de abril, data em que se comemora o Dia Internacional da Dança, a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), está promovendo a mostra Quarta que Dança 2013 – Mês da Dança 2014. A programação, que se estenderá por 12 dias consecutivos, com um total de 23 sessões gratuitas em Salvador, Ituberá, Juazeiro, Taperoá e Uauá, reúne espetáculos, danças de rua e trabalho em processo de criação. A temporada retoma apresentações da 15ª edição do projeto, consolidado como um dos principais mecanismos de promoção da Dança da Bahia.

Na lista de espetáculos, estão A Filha do Meio, d’A Cia. do Meio; Anfíbios, de Ricardo Alvarenga; No Caminho das Alimentadeiras, do Coletivo Trippé; Para Sempre Teu, da Qualquer Um dos 2 Cia. de Dança; e Portas, de Victor Hugo. Entre as danças de rua, estão Old School Step – Passos da Velha Escola, de NDE Crew; Pout-Pourri, de Marvan Carlos; e União Dance, do grupo União Dance. O trabalho em processo de criação é Still, de Sandra Corradini.

Em Salvador, os trabalhos de palco estão escalados para o Centro Cultural Plataforma, Cine-Teatro Solar Boa Vista, Espaço Cultural Alagados e Espaço Xisto Bahia, com apoio da Diretoria de Espaços Culturais da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult/SecultBA), que se completa com a participação do Centro de Cultura João Gilberto (Juazeiro). Já as performances ao ar livre acontecem, na capital, na Praça Dois de Julho (Campo Grande). Completando a lista de locais, estão a Praça do Centro de Ituberá, a orla marítima de Taperoá e o auditório da Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora, em Uauá.

A mostra Quarta que Dança 2013 – Mês da Dança 2014 realiza apresentações que foram suspenas no ano passado para a regularização de compromissos relacionados ao cumprimento do Decreto nº 14.682/2013, que determinou o contingenciamento no orçamento das secretarias e órgãos estaduais. Antes disso, já haviam sido feitas 31 apresentações da série de 21 propostas participantes, selecionadas dentre 120 inscritas em edital público, representando um panorama contemporâneo da diversidade da produção em Dança na Bahia.

Confira a programação e as sinopses do espetáculo no site: fundacaocultural.ba.gov.br/quartaquedanca

O quê: Projeto Quarta que Dança 2013 - Mês da Dança 2014
Quando: Até 29 de abril
Onde: Espaços culturais de Salvador, Ituberá, Juazeiro, Taperoá e Uauá
Quanto: Gratuito
Mais informações: fundacaocultural.ba.gov.br

quinta-feira, 24 de abril de 2014

É amanhã!: Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher

Clique para ampliar
A Biblioteca Pública do Estado da Bahia realiza amanhã, dia 25 de abril, às 18h30, o Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher. Com o tema Representação Social da Mulher, o bate-papo contará com a participação de mulheres de diversos segmentos profissionais que compartilharão as experiências e os desafios encontrados em suas carreiras. As convidadas são:  

- Paulete Furacão - Coordenadora do Núcleo LGBT da Secretaria de Justiça (SJCDH);
- Fernanda Priscila Alves - Coordenadora do Projeto Força Feminina;
- Luíza Maia - Deputada Estadual (Autora da Lei 19.237/11 - Lei Antibaixaria);
- Ediane Lopes Santana - Profª. Assistente da UNEB e Pesquisadora sobre Relações de Gênero;
- Eliana Rollemberg - Socióloga e atuou como militante durante a Ditadura Civil Militar;
Makota Valdina Pinto - Professora, ativista política, membro do Conselho de Cultura da Bahia e Makota no Terreiro de Candomblé Angola, em Salvador. 

A atividade contará com a mediação do apresentador e jornalista Bruno Machado e o encerramento será feito pelo Grupo Tapuia. O Bate-papo fecha a programação do Projeto Mulher em Cena 2014, que nos meses em que se celebram o Dia Internacional da Mulher (8/03), e o Dia Nacional da Mulher (30/04), propôs uma série de atividades voltadas para a discussão e a valorização do gênero feminino, dentro da programação cultural da Biblioteca Pública do Estado da Bahia. 

O quê: Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher
Quando: 25 de abril, sexta feira, às 18h30
Onde: Foyer e Escadaria da Biblioteca Pública do estado da Bahia (Barris)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Música e lazer agitam os últimos dias de abril no Pelourinho

Banda Tabuleiro Musiquim / Foto: Divulgação
A programação do Pelourinho retorna esta semana com variadas opções de música e entretenimento gratuito e a preços populares para os visitantes do Centro Histórico. O show de lançamento do disco “IMBIGO”, da banda Tabuleiro Musiquim, o espetáculo de humor Bocket Show, e o projeto Versando Caymmi, em comemoração ao centenário do cantor e compositor baiano, Dorival Caymmi, estão entre os destaques dos últimos dias do mês de abril. A programação cultural é promovida pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), órgão da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Na quinta-feira (24), o humor toma conta do Largo Pedro Archanjo, às 20h, com a apresentação gratuita do espetáculo teatral Bocket Show. A obra é inspirada na Era do Rádio nas décadas de 40 e 50, cenário ideal para a narrativa da novela mais debochada de todos os tempos: “As Vicissitudes e Atitudes de Lucky in The Sky”. No elenco, Gerônimo Santana, Caco Monteiro, Kátia Leal e Evelin Buchegger intercalam quadros e propagandas, utilizando a linguagem de musical radiofônico.

Na sexta-feira (25), toda a programação é gratuita. A banda Tabuleiro Musiquim comemora o lançamento do primeiro álbum de sua carreira, o disco “Imbigo”. Fundindo rock, ijexá, frevo, samba, baião, referências primárias e recentes, distorções e tambores, foram sendo criadas as composições e arranjos do disco. O show acontece no Largo Tereza Batista, 21h.

Ainda na sexta-feira, no Largo Pedro Archanjo, 21h, acontece o show da Banda Retro_Visor, apresentando canções autorais que passam pelo rock, bossa nova, música afro, funk, entre outros ritmos. E no Largo Quincas Berro d’Água, 21h, o público vai dançar ao som da salsa com o grupoAçúcar Improviso Latino.

No sábado (26), no Largo Pedro Archanjo, 19h, acontece uma noite de gala para o rock baiano, oPrêmio Palco do Rock 2014. O evento é uma homenagem aos destaques escolhidos pelo público da última edição do prestigiado Festival Palco do Rock, e tem a banda Veuliah entre as atrações. A entrada é 1kg de alimento não perecível. No Largo Tereza Batista, às 21h, a cantora Geovana Costa apresenta hits de diversos estilos, prometendo não deixar ninguém parado. E no Largo Quincas Berro d’Água, a cantora Márcia Pinho faz um show dançante, com um repertório eclético, misturando pop, reggae, funk, salsa e samba reggae.

No domingo (27), o Largo Pedro Archanjo recebe mais uma edição do 3º Round – Circuito de Rima Improvisada. O evento reúne e agita a galera do hip-hop com batalhas de rimas entre os MC’s. Os ingressos serão vendidos a R$ 10 e R$ 5.

Na terça-feira (29), a energia do Grupo Aro 7 traz mais samba ao Largo Pedro Archanjo, 20h. No Largo Tereza Batista, 20h, o grupo de hip-hop Nova Saga recebe convidados para o show Positividade. E o Grupo Simplicidade A+ retorna ao Largo Quincas Berro d’Água, às 20h. Todas as apresentações são gratuitas.

Na quarta-feira (30), o projeto Versando Caymmi – 100 Anos leva releituras do repertório de Dorival para três largos do Pelourinho. Silvinha Torres, Ângela Lopo e Robson Moraes se apresentam no Largo Pedro Archanjo com sucessos de Caymmi e de seu filho Dori. A banda Soul Tambor, liderada por Lucas Di Fiori, comanda o show no Largo Tereza Batista e, no Quincas Berro D´Água, a festa ganha sonoridade de MPB com a cantora Clau Andries, com participação de Mazo Guimarães. Os três shows começam às 21h e têm entrada gratuita.

Fonte: cultura.ba.gov.br

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Viva o Livro! - Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais

Imagem Ilustração
O 23 de abril tornou-se um dia marcante para literatura mundial, quando nesta data, em 1616, morreram Miguel de Cervantes, William Shakespeare e Inca Garcilaso de la Vega.

Considerando esta incrível coincidência, em uma a conferência geral da UNESCO, realizada em Paris em 1995, instituiu-se o 23 de abril como o Dia Mundial do Livro e do Direitos Autorais, uma homenagem universal para livros e autores, incentivando a todos e em particular aos jovens, a descobrir o prazer da leitura valorizando as contribuições insubstituíveis daqueles que promoveram o progresso social e cultural da humanidade através dos livros.

Assim, a cada ano a UNESCO, em conjunto com as três organizações profissionais internacionais do mundo do livro (Associação Internacional dos EditoresFederação Internacional de Livreiros e Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias), escolhe uma capital mundial do livro. Este ano, a escolhida á a cidade de Port Harcourt, na Nigéria.

Na mensagem da UNESCO para o Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais 2014, a diretora-geral da organização, Irina Bokova afirma que “O poder dos livros para promover a realização individual e criar mudança social é inigualável. Íntimo, mas profundamente social, os livros proporcionam amplas formas de diálogo entre indivíduos, em comunidades e através do tempo”.

No Brasil, merece destaque a iniciativa dos Ministérios da Cultura e da Educação de tornar lei o Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), que está em tramitação, no MinC e no MEC, para ser encaminhado ao Congresso Nacional com o objetivo de institucionalizar as políticas relacionadas ao livro, à leitura, à literatura e às  bibliotecas. 

No Dia Mundial do Livro, a UNESCO também divulgará uma campanha nas redes sociais de promoção à leitura com foco na Copa do Mundo, que acontece no Brasil em 2014. Intitulada Ler também é uma paixão, a campanha tem como mote a frase Neste Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais toque a bola para os seus amigos e compartilhe o nome do livro que marcou um gol na sua vida

16ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza

Clique para ampliar

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza começou nesta terça-feira (22) e segue até (9) de maio, em Salvador. O objetivo da 16ª Campanha é reduzir as complicações, internações e mortes causadas pela gripe.

A meta é imunizar 80% das mais de  617 mil pessoas que compõe o público alvo em Salvador: idosos (a partir de 60 anos), crianças (de 6 meses a menores de 5 anos), gestantes, puérperas (mulheres que ganharam bebê nos últimos 45 dias), trabalhadores de saúde do serviço público e privado, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade e indígenas.

Durante a semana, a vacinação será realizada das 08 às 17 horas nos postos de saúde da rede municipal. Também serão feitas intensificações em asilos, domicílios de idosos acamados, creches, hospitais, maternidades, delegacias e penitenciárias.

No Dia D, que acontece no sábado (26), a Secretaria Municipal da Saúde instalará também pontos de vacinação em áreas de grande circulação de pessoas como shoppings, supermercados, igrejas e escolas.

Orientações gerais:

· É importante que todos os grupos prioritários levem o cartão ou caderneta de vacinação para avaliação e atualizações que sejam pertinentes;

· Na vacinação das crianças, é importante que os pais e/ou responsáveis levem o cartão de vacinação para que seja avaliado se a criança já tomou alguma dose anterior da Vacina Influenza para que seja instituído o esquema de uma ou duas doses.

· Para o Grupo prioritário de Gestantes não haverá exigência quanto à comprovação da situação gestacional.

· A apresentação da prescrição médica será obrigatória para o grupo de comorbidade.

· Atenção aos doadores de sangue: recomenda-se proceder à doação de sangue antes da vacinação contra influenza para não ficar inapto temporariamente (48 horas).

· O uso de bebida alcoólica não contraindica a vacinação.

Vacine-se você também! 

O quê: 16ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza
Quando: 22 de abril a 9 de maio, das 8h às 17h
Onde: Postos de Saúde da Rede Municipal de Salvador
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Prêmio Poesia 2013 da Academia de Letras da Bahia

Clique para ampliar
Até 24 de maio estarão abertas as inscrições para o Prêmio Nacional Academia de Letras da Bahia de Literatura – Poesia 2013. O concurso literário, que há mais de 30 anos tem revelado talentos da literatura brasileira, é a mais importante premiação de poesia da Bahia e um dos concursos literários de maior prestígio no Brasil.

Inscrições - Os interessados em participar da edição 2013 do Prêmio Nacional Academia de Letras da Bahia de Literatura, devem enviar três cópias do trabalho – que deverá ser inédito, do gênero Poesia, tema livre – à sede da Academia de Letras da Bahia (ALB), postadas com aviso de recebimento (AR), até o dia 24 de maio de 2014. Os trabalhos recebidos serão avaliados pela comissão julgadora da própria entidade. O resultado será divulgado no mês de outubro de 2014 e o vencedor será premiado com R$ 20 mil e a publicação do livro por uma editora nacional.

O Prêmio Nacional Academia de Letras da Bahia de Literatura – Poesia 2013, é um concurso literário patrocinado pela Braskem e, a partir deste ano, também pela Petrobras. A primeira edição ocorreu no ano de 1983 e desde lá tem proporcionado visibilidade às obras dos autores premiados como Evaldo Balbino (Amores oblíquos), Roberval Pereyr (Mirantes), Ordep Serra (Ronda: oratório malungo), Rodrigo Petrônio Ribeiro (Venho de um país selvagem). Otto Leopoldo Winck (Jaboc) e Jorge de Souza Araújo (Floração de imaginários: o romance baiano no século XX), dentre outros.

O quê: Inscrições para O Prêmio Nacional Academia de Letras da Bahia de Literatura – Poesia 2013
Quando: até 24 de maio
Como: Os originais deverão ser encaminhados, pessoalmente ou pelos correios, à Academia de Letras da Bahia, Av. Joana Angélica, 198, Nazaré – Palacete Góes Calmon – Salvador - Bahia - Cep: 40050-000.
Prêmio: R$ 20 mil e a publicação do livro por uma editora nacional
Mais informações: Telefax: (71) 3321-4308 (pela tarde), e-mail: contato@academiadeletrasdabahia.org.br

Fonte: fpc.ba.gov.br

terça-feira, 22 de abril de 2014

Dica Cultural: A história do Major Cosme de Farias em cartaz no Curta Cinema

Clique para ampliar
O lançamento da edição 2014 do projeto Curta Cinema, do Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador, acontecerá no próximo dia 23/04, às 19h, com a exibição do documentário Quitanda da Liberdade: A história de Cosme de Farias.

O documentário, que foi dirigido e roteirizado por Marcelo Oliveira, apresenta momentos importantes da vida do Major Cosme de Farias, que ficou conhecido como “advogado dos pobres” e cujo nome intitula um bairro da cidade, onde residiu a maior parte de sua vida.

Apesar de ter estudado apenas o curso primário, Cosme de Farias foi funcionário público, repórter policial e rábula (advogado provisionado). Lutou de forma permanente contra o analfabetismo e em defesa das liberdades democráticas. Exerceu mandatos de vereador e deputado estadual, mas morreu pobre como passou todo o período de sua vida.

O documentário teve a direção de fotografia  (externas) de Claude Santos e músicas originais de Cacau Celuque e contou com apoio financeiro do Fundo de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Após a exibição, haverá um bate-papo com Marcelo Oliveira, diretor do filme.  A entrada é franca.

Curta Cinema - O Curta Cinema é um projeto desenvolvido há 2 anos pelo Centro Cultural da Câmara de Vereadores e consiste na exibição gratuita de obras audiovisuais de diferentes temas e formatos, contando, preferencialmente, com produções de realizadores locais e de festivais nacionais.

Seu principal objetivo é contribuir para a formação (estética e temática) dos diferentes públicos frequentadores das ações do projeto – estudantes de escolas públicas, participantes de instituições sócio-culturais e demais pessoas interessadas.

Após o dia 23/04, a próxima edição acontecerá no dia 30/04, às 15h, com exibição de 2 vídeos da série Índios do Brasil, dirigido por Vincente Carelli, da ONG Vídeo nas Aldeias.

O quê: Curta Cinema com o documentário Quitanda da Liberdade: A história de Cosme de Farias
Quando: 23 de abril, quarta feira, às 19h
Onde: Centro Cultural Vereador Manuel Querino (Câmara Municipal de Salvador), Praça Municipal, subsolo da Prefeitura
Quanto: Gratuito

Mais informações: 3320-0412 / producao.centrodecultura

Dica de Leitura: Terras do Sem fim

Clique para ampliar
A Dica de Leitura da Biblioteca hoje é Terras do Sem Fim, do ícone da literatura baiana, Jorge AmadoA obra de Jorge Amado mereceu diversos prêmios nacionais e internacionais, assim como o próprio autor, que recebeu inúmeros títulos literários e foi eleito, em 6 de abril de 1961, para a cadeira de número 23 da Academia Brasileira de Letras, que tem por patrono José de Alencar e por primeiro ocupante Machado de Assis.

Confira essas e outras obras no Setor de Empréstimos da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, que funciona de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, e aos sábados, das 08h30 às 12h.  A solicitação de livros deve ser feita mediante cadastro prévio no próprio setor, e para se cadastrar é simples: basta ter mais de 13 anos e trazer um comprovante de residência e a carteira de identidade. Mais informações: (71) 3117-6021.

Terras do Sem-fim (Jorge Amado) - 
Durante a guerra pela posse da terra na região cacaueira do sul da Bahia, os irmãos Badaró enfrentam o coronel Horácio da Silveira. A luta pela subsistência se entrelaça com intrigas políticas, relações amorosas e crimes passionais. Dois romances improváveis se destacam em meio aos tiroteios e tocaias - o do jovem advogado Virgílio e Ester, esposa do coronel Horácio, amor condenado a um desfecho sangrento, e o de Don’Ana, a valente filha de Sinhô Badaró, e o “capitão” João Magalhães, um embusteiro que se faz passar por engenheiro militar. Uma página sangrenta da história brasileira elevada à categoria de mito fundador de uma civilização maculada pela cobiça e pela barbárie.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Dica Cultural: Museu Abelardo Rodrigues participa do Festival Artes do Sagrado

Clique para ampliar
O Museu Abelardo Rodrigues marca presença na segunda edição do Festival de Artes do Sagrado, que acontece até o dia 21 de abril. O Abelardo Rodrigues participa da Rota de Museus, onde os museus parceiros do Festival Artes do Sagrado estarão em funcionamento contínuo, com seus acervos fixos e exposições especiais. A iniciativa garante que os turistas em visita na cidade durante a Semana Santa encontrem tais espaços abertos, já que muitos deles costumavam fechar em feriados santos.

O museu preserva uma das mais importantes coleções de arte sacra do país, reunida pelo pernambucano que dá nome ao museu, com peças datadas dos séculos XVII ao XX e confeccionadas em diversos materiais, a exemplo de madeira, barro cozido, marfim, pedra sabão e metal. São oratórios, miniaturas, imaginária, crucifixos, imagens de Roca, maquinetas, crucificados, mobiliário de devoção, objetos de origem brasileira, principalmente nordestina, como também de procedência europeia.

Além do Abelardo, ainda fazem parte da rota o Museu de Arte Sacra, Memorial Irmã Dulce, Museu Carlos Costa Pinto, Museu da Misericórdia, MAFRO – Museu Afro Oriental, Museu Rosário dos Pretos (Pelourinho), Museu da Igreja de São Francisco, o Palacete das Artes e Centro Cultual Capuchinhos.

A programação do Festival ainda inclui a clássica encenação do espetáculo épico teatral d’A Paixão de Cristo, que é um dos carros chefes do Festival, sai da Concha Acústica para ser apresentada no Farol da Barra, em cinco dias consecutivos, de 16 a 20 de abril. Entre as novidades estão a Rota de Cinema, que contará com a exibição de filmes voltados para o tema sacro, no Circuito Sala de Arte, e as Danças Sagradas, com aulas abertas de dança indiana, taichi, dança do ventre e danças circulares, no Farol da Barra.

Confira a programação do Festival Artes do Sagrado: festivalartesdosagrado.com.br

O quê: Museu Abelardo Rodrigues participa do Festival Artes do Sagrado
Quando: 11 a 21 de abril
Onde: Rua Gregório de Matos, nº 45
Quanto: Gratuito
Mais informações: (71) 3117-6440

Escritor Angolano lança obra literária no IV Encontro de Escritores Baianos

Clique para ampliar
O deputado e escritor angolano John Bella, estará em Salvador nos próximos dias 24, 25 e 26 de abril (quinta, sexta e sábado), para participar do IV ENEB - Encontro de Escritores Baianos, que será realizado na Biblioteca Pública do Estado da Bahia, onde irá lançar seu romance Os Primeiros Passos da Rainha Njinga, Ed. O Cão que Lê, e proferir uma palestra com enfoque na poética africana nas obras literárias do poeta angolano Agostinho Neto. John Bella será apresentado pelo poeta carioca Éle Semog um dos responsáveis pelo belíssimo trabalho que faz o Grupo Quilombhoje de Literatura de São Paulo e que se na mantém  militância negra e aguerrida em todo país.
 
Quem também está confirmado na programação, no quadro “Ponto de Vista” é o Pastor Manassés, fundador da instituição que leva o seu nome e  que trabalha na recuperação de drogados falará do seu livro no prelo e sobre dependência química, recuperação de drogados e suas terapias.
 
 
Clique para ampliar
- Os Primeiros Passos da Rainha Njinga -  Os Primeiros passos da Rainha N'Jinga" é o título da mais recente obra literária do escritor John Bella. No seu último livro, o escritor retrata o começo da formação humana e guerreira de quem viria a tornar-se líder dos estados do NDongo e Matamba na luta contra a ocupação portuguesa. As intrigas para a conquista do trono entre membros da família real do N'Dongo também são apresentadas pelo autor. John Bella estreia-se assim na arte de escrever romance, depois de habituar o público com poesia e histórias infantis.

O lançamento de "Os primeiros passos da rainha N'Jinga" aconteceu na terça-feira passada, na Sede da União dos Escritores Angolanos. O passeio pelo passado histórico angolano no processo de luta contra a colonização portuguesa, são apresentados em dezenove capítulos do livro. (www.voaportugues.com)
 
O quê: Escrito Angolano lança obra literária no IV Encontro de Escritores Baianos
Quando: 24, 25 e 26 de abril (quinta, sexta e sábado)
Onde: Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito
Fonte e outras informações: www.fundacaoomnira.com.br

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Biblioteca promove o Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher no Mulher em Cena 2014

Clique para ampliar
A Biblioteca Pública do Estado da Bahia realizará no próximo dia 25 de abril, sexta feira, às 18h30, o Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher

Com o tema Representação Social da Mulher, o bate-papo contará com a participação de mulheres de diversos segmentos profissionais que compartilharão as experiências e os desafios encontrados em suas carreiras. As convidadas são:  

- Paulete Furacão - Coordenadora do Núcleo LGBT da Secretaria de Justiça (SJCDH);
- Fernanda Priscila Alves - Coordenadora do Projeto Força Feminina;
Luíza Maia - Deputada Estadual (Autora da Lei 19.237/11 - Lei Antibaixaria);
- Ediane Lopes Santana - Profª. Assistente da UNEB e Pesquisadora sobre Relações de Gênero;
Eliana Rollemberg - Socióloga e atuou como militante durante a Ditadura Civil Militar;
Makota Valdina Pinto - Professora, ativista política, membro do Conselho de Cultura da Bahia e Makota no Terreiro de Candomblé Angola, em Salvador. 

A atividade contará com a mediação do apresentador e jornalista Bruno Machado

O encerramento será feito pelo Grupo Tapuia. Formado por Luiza Meira (voz), Tatiana Sales (voz e sanfona), Alex Meira (voz, violão e viola), Neri Góes (contrabaixo) e Dani Motta (percussões e efeitos), o grupo tem influências em sons tradicionais e contemporâneos, e em seu repertório faz um passeio por ritmos como coco, xote e baiões, no qual, estão compositores e grupos de diferentes estilos, épocas e regiões, tais como Dominguinhos, Lula Queiroga, Luiz Tatit, Mônica Salmaso, Baiano e Os Novos Caetanos, entre outros.  O nome Tapuia foi inspirado na letra de um Baião de Princesas, manifestação popular originária do Maranhão, que significa uma denominação dada pelos índios do litoral aos índios do interior, que seria o mesmo que “índios selvagens e hostis”.

O bate-papo fecha a programação do Projeto Mulher em Cena 2014, que nos meses em que se celebram o Dia Internacional da Mulher (8/03), e o Dia Nacional da Mulher (30/04), propôs uma série de atividades voltadas para a discussão e a valorização do gênero feminino, dentro da programação cultural da Biblioteca Pública do Estado da Bahia. 

O quê: Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher
Quando: 25 de abril, sexta feira, às 18h30
Onde: Foyer e Escadaria da Biblioteca Pública do estado da Bahia (Barris)
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Dica Cultural: Sala Walter da Silveira exibe documentários sobre Sante Scaldaferri

Foto: Ilustração
A Sala Walter da Silveira exibe nesta quarta-feira (16), dois documentários sobre a obra do notável artista plástico baiano Sante Scaldaferri.

Sante Scaldaferri - A Dramaturgia do Sertão, de Walter Lima - 
Vídeoarte sobre o pintor, ator, gravurista, cenógrafo e professor Sante Scaldaferi (1928). Formado na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, Scaldaferri foi assistente da arquiteta Lino Bo Bardi. No cinema, trabalhou como cenógrafo em produções do Cinema Novo e como ator em filmes de Glauber Rocha.

Sante Scaldaferri, de Cícero Bathomarco -
Na primavera de 2011, o Palacete das Artes Rodin Bahia promoveu a exposição POP / BIENAIS com obras do premiadíssimo artista plástico Sante Scaldaferri. O documentário que leva o nome do artista, teve como base os diversos quadros e painéis expostos na referida mostra. Sante fala do conteúdo e da forma do seu trabalho, do seu processo criativo, da descoberta de uma "escrita" própria, da sua convivência com Glauber Rocha, da sua fidelidade à temática cultural nordestina, da sua resistência na realização de trabalhos não folclóricos e de fácil comercialização.

O quê: Exibição de Documentários sobre Sante Scaldaferri
Quando: 16 de abril, às 19h
Onde: Sala Walter da Silveira, Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

Biblioteca recebe Stand Up sobre universo feminino

Renata Laurentino
A comediante Renata Laurentino apresenta comédia stand up sobre universo feminino na próximo dia 23 de abril, quarta feira, às 19h, na sala Katia Mattoso, 3º andar. 

Renata iniciou sua carreira em setembro de 2011 nos palcos do show solo do comediante paulista Marcos Gricha, em uma temporada em Salvador. Desde então vem ascendendo sua trajetória, tendo a oportunidade de participar de bons projetos de humor na capital baiana, como o “Arena Stand Up” – que reuniu os maiores nomes de comediantes em um mesmo lugar, dentre eles Rafael Medrado, Guga Walla , Paulo Prazeres, grupo Comédia de Novo, e Miguel Vieira, com quem teve a oportunidade de fazer a abertura do show “Antes que o mundo acabe”, no Teatro Jorge Amado. 

Foi idealizadora do “Ciranda do Riso”, projeto que ficou em cartaz no Ciranda Café e Cultura e teve a oportunidade de fazer uma participação no show do Bar Ao Vivo em São Paulo, dividindo o palco com grandes referências da comédia stand-up do Brasil, como Nando Viana, Nil Agra e Marcelo Cambota. 

A apresentação faz parte do projeto Mulher em Cena 2014, que realiza uma série de atividades culturais voltadas para o público feminino, em celebração ao Mês da Mulher.

O quê: Stand Up com Renata Laurentino
Quando: 23 de abril, às 19h
Onde: Sala Katia Mattoso, 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

terça-feira, 15 de abril de 2014

Biblioteca exibe o documentário "O Renascimento do Parto" durante debate sobre Parto Humanizado

A Biblioteca realiza no próximo dia 16 de abril, às 15h, o debate Parto Humanizado, com a ginecologista-obstetra Dra. Tatiana Aguiar, que falará sobre a prática do parto humanizado no Brasil, e com a doula Chenia d'Anunciação, militante na área de humanização na assistência ao parto.

O debate acontecerá após a exibição do documentário O Renascimento do Parto, de Eduardo Chavet, que fala sobre a realidade médica e obstétrica mundial e suas graves condições, não por aspectos de infra-estrutura, mas devido a questões éticas e de coerência. 

Confira o trailer do documentário "O Renascimento do Parto": 


Este evento faz parte do projeto Mulher em Cena 2014, que realiza uma série de atividades voltadas para o público feminino, em celebração ao Mês da Mulher. Confira a Programação.


O quê: Debate "Parto Humanizado" com a exibição do documentário "O Renascimento do Parto"
Quando: 16 de abril (quarta feira), às 15h
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando, 3º andar, Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Festival Internacional VIVADANÇA 2014

Foto: Cintia Pimentel / Divulgação
VIVADANÇA é um espaço de celebração da dança: aqui os mais variados estilos e ritmos levam ao público de Salvador, Camaçari, Belo Horizonte e, em 2014, também em Vitória, o que há de mais diverso na dança do Brasil e do mundo, além de dialogar com as demais expressões artísticas.

Dentro dessa diversidade, o VIVADANÇA tem destaques como a Mostra Hip Hop em Movimento – que traz um pouco da cultura Hip Hop em suas inúmeras manifestações; a Mostra Casa Aberta – que abre espaço para novos talentos; o Prêmio VIVADANÇA – que valoriza o que há de melhor e mais atual na dança baiana; além de exposições, oficinas, workshops e mesas redondas. Tudo isso sem contar com espetáculos de destaque da dança nacional e internacional. 

Nascido em 2007, em Salvador-BA, com nome de Mês da Dança no Vila, no Teatro Vila Velha, o VIVADANÇA ampliou seu formato e tornou-se internacional. Em quase uma década, teve sua trajetória marcada por fatos importantes, como a criação da Mostra Casa Aberta, Mostra HIP HOP e do Prêmio VIVADANÇA. A sua programação rompeu barreiras e chegou às cidades de Belo Horizonte e Brasília em 2012 e, em 2014, chega a Vitória. 

E uma das atrações do festival é o espetáculo As Canções que você Dançou pra Mim, da companhia Focus Cia de Dança, do Rio de Janeiro. Dirigido e coreografado por Alex Neoral, o espetáculo apresenta quatro casais que são embalados por um “pot-pourri”, com 72 canções interpretadas pelo cantor e compositor Roberto Carlos. A montagem visita as décadas de 1960, 1970 e 1980 através de muito movimento.

O trabalho estará em cartaz nos dias 15/04, às 20h, no Teatro Castro Alves, e 17/04, às 20h, no Teatro Cidade do Saber (Camaçari). Os ingressos custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Confira a programação completa do Festival VIVADANÇA 2014: festivalvivadanca.com.br

O quê: Festival Internacional Viva Dança 2014
Quando: Abril e Maio de 2014
Onde: Teatros e espaços culturais de Salvador, Camaçari, Belo Horizonte e Vitória

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Por Dentro da Biblioteca: Setor de Documentação Baiana

Ladeira de São Bento - Ba. Foto: Ilustração
Há muito tempo atrás, na Bahia...

- Ladeira do Pau da Bandeira

"Existia no Cruzamento da rua Chile, desde os primeiros tempos da colonização portuguesa  um  mastro no qual hasteavam-se bandeiras para orientar a entrada e saída de navios no Porto da Bahia."

Fonte: DÓREA, Luiz Eduardo. Os nomes das ruas contam histórias. Salvador: Câmara Municipal de Salvador, 1999.

- Existiam touradas em Salvador

"As touradas ou corridas de touros constituíram com as cavalhadas, as diversões do agrado, do gosto e da preferência desta cidade até os meados do século passado."

" Certo é porém que a tauromaquia se arraigou de forma tal em nossos costumes integrando-se em tal jeito em nossos hábitos que toda a solenidade oficial de primeira linha, ascensões régias, desposórios principescos, assinaturas de tratado, vitórias militares, obrigavam, número alto do programa comemorativo, uma corrida de touros que se realizava a princípio na Praça  Palácio do Palácio, hoje Tomé de Souza, transferindo-se ao depois para o atual Terreiro de Jesus."

Fonte: Silva, Alberto. Touradas em Salvador. in:______.A Cidade do Salvador: aspectos seculares. Salvador:Prefeitura Municipal, 1957. p. 19-22.

- Ocorreu o quebra bonde

"A revolução tinha começado em 03 de outubro de 1930. Na ocasião, o descontentamento da população conta a companhia Linha Circular de Carris da Bahia (CRICULAR), de origem americana, que explorava os serviços de transportes, energia e telefone, era muito grande. O povo, informado de que nas obras realizadas no Plano Inclinado foi encontrada uma bandeira brasileira enrolando lixo, depredou e tocou fogo na maior parte da frota da Circular e 83 bondes foram destruídos totalmente. Nas ruas, no domingo, as carcaças eram vistas nos locais de incêndios. Os torniquetes e cabines de vendagem de fichas do Elevador Lacerda, inaugurado em 01 de janeiro daquele ano, também foram danificados. esse acontecimento ficou conhecido com quebra-bonde e aconteceu 04 de outubro de 1930. Com  a renovação da frota, surgiram 20 luxuoso carros fechados, chamados pelo povo de 'Sossega leão'."

Fonte: LEAL, Geraldo da Costa. Os Bondes. in: _____ Pergunte ao seu avô. Salvador: [s.n], 1996. p. 79-85.

Os textos acima foram extraídos do acervo bibliográfico do Setor de Documentação Baiana da Biblioteca Pública do Estado da Bahia. O setor, que faz parte da Subgerência de Atividades Especiais (SAE) da Biblioteca, possui um acervo com 7.732 livros, 179 pastas de recortes de jornais, 26 títulos de revistas e folhetos, além de uma coleção bibliográfica de Literatura Popular (cordel) com 3.114 títulos e 5.097 exemplares que estão expostos e disponíveis para pesquisa. 

O setor funciona de segunda a sexta, das 8h30 às 18h, no 3º andar da Biblioteca.  

Confira mais duas convidadas do Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher

A Biblioteca Pública do Estado da Bahia realiza no próximo dia 25 de abril, sexta feira, às 18h30, o Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher, encerrando as atividades do projeto Mulher em Cena 2014

Com o tema Representação Social da Mulher, o bate-papo contará com a participação de mulheres de diversos segmentos profissionais que compartilharão as experiências e os desafios encontrados em suas carreiras. Confira abaixo algumas das convidadas: 

Eliana Rollemberg - Socióloga e atuou como militante durante a Ditadura Civil Militar

Eliana Rollemberg
Socióloga, pela PUC-SP. Aperfeiçoamentos em Planejamento Econômico: “Programas agrários e seu significado enquanto mudança social” - Paris/França, IRFED- Instituto Internacional de Pesquisa e de Formação, Educação e Desenvolvimento (1973/1974) e "Planification Economique pour les pays en voie de développement" - RUCA - Universidade de Anvers, Bélgica (1997/1979). Foi assessora de planejamento da Secretaria de Educação e Cultura do Estado de Sergipe, através do Centro Regional de Pesquisas Educacionais de São Paulo. Desde os anos 60 teve engajamento junto a grupos populares e movimentos de igrejas. Durante a ditadura militar, nos anos 70/71, foi presa política. Tem assessorado eventos de movimentos populares, em especial aqueles relacionados ao setor rural, ecumênico e organizações não governamentais. Em representação do CLAI- Conselho Latino Americano de Igrejas- Regional Brasil, integra a Plataforma por um Novo Marco Regulatório para as Organizações da Sociedade Civil e desde 2011, participa do Grupo de Trabalho, liderado pela Secretaria Geral da Presidência da República.

Fernanda Priscila Alves - Coordenadora do Projeto Força Feminina

Fernanda Priscila Alves
Graduada em Teologia pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (2007). Mestre em Teologia pela Escola Superior de Teologia. É graduanda do curso de Psicologia pela UFBA. Atualmente é coordenadora do Projeto Força Feminina (Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor), que trabalha com mulheres em situação de prostituição. A atuação consiste de modo mais efetiva tratando dos seguintes temas: prostituição, mulheres, sagrado, espiritualidade e pastorais sociais.


Confira a programação do Mulher em Cena 2014.

Veja um pouco de como foi o Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher 2013



O quê: Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher
Quando: 25 de abril, sexta feira, às 18h30
Onde: Foyer da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (térreo)
Quanto: Gratuito
Apoio: SEGILIGHT - Luz e Eventos

sábado, 12 de abril de 2014

Dica Cultural: Exposição "Coisas Existentes em Função do Desejo"

Foto: Marcos Zacaríades / Divulgação
Composta por nove obras, a mostra Coisas Existentes em Função do Desejo, do artista plástico Marcos Zacariades, é um trabalho de investigação, em que o artista coloca o desejo como sua principal inspiração. Fazem parte do material exposto: uma videoinstalação, uma assemblagem e esculturas em madeira.

"O foco no desejo partiu, a princípio, da indagação sobre toda a ocupação e movimento que gerou o processo construtivo social das lavras diamantinas, local onde habito", explica Zacariades. "Primeiro, busquei as minhas referências pessoas sobre a natureza do desejo, observei algumas vertentes, nas quais o desejo se insere, e os seus desdobramentos: o contentamento finito, a permanente falta, a vontade que não cessa e o processo de construção ou desconstrução, que pode se iniciar a partir dessa vontade, complementa o artista.

Na exposição, Zacariades apresenta o resultado do seu processo de criação e investigação, partindo da sua relação com o cenário social em que vive. O artista se propôs a desvendar questões humanas contemporâneas para, a partir disso, conceber e materializar as obras, todas produzidas com materiais naturais, em referência à relação do homem com a natureza.

O quê: Exposição "Coisas Existentes em Função do Desejo"
Quando: até 18 de maio, terça a domingo, das 9h às 18h
Onde: Conjunto Cultural da Caixa, Rua Carlos Gomes, Centro
Quanto: Gratuito

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Dica Cultural: Festival Artes do Sagrado 2014

Clique para ampliar
Fazendo jus à sua formação barroca, ao seu difundido sincretismo e ao seu tradicional acervo de arte sacra, a capital baiana abrigará a segunda edição do Festival Artes do Sagrado, de 10 a 21 de abril. O evento, que já faz parte do calendário anual da cidade, resgata a importância nacional da Bahia como referência simbólica do sentimento e das artes do sagrado. A ideia principal é envolver a população e atrair turistas durante o período da Semana Santa. Entre as atividades gratuitas da programação estão: espetáculo épico teatral A Paixão de Cristo (este ano encenado no Farol da Barra), Feira Artes do Sagrado, Série de Concertos Sinfônicos e Corais, Rota Gastronômica Santos Sabores, Rota de Cinema, Danças Sagradas, Rota dos Museus, além da exposição especial Santeiros do Sagrado, no Museu Palacete das Artes.

O projeto transcende o plano artístico-religioso e preenche um vazio cultural que repercute tanto na esfera turística quanto na econômica. “Sempre faltaram atividades culturais durante a Semana Santa na Bahia, que é depositária de um acervo de arte e arquitetura sacras de representatividade mundial. A cultura baiana não pode ficar restrita ao carnaval”, afirma Paulo Dourado, Diretor Geral do Festival. Para Guilherme Bellintani, Secretário de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, o Festival Artes do Sagrado tem tudo para se tornar o terceiro produto turístico cultural mais importante de Salvador a cada ano, depois do carnaval e do réveillon. “Temos um produto transformador de fluxo turístico, capaz de posicionar Salvador nacionalmente e atrair novas rotas para a nossa cidade”, antecipa.

Depois do sucesso da sua primeira edição, em 2013, quando reuniu 42 mil pessoas no conjunto de suas atividades em Salvador, o Festival Artes do Sagrado não só amplia sua programação como inclui novos espaços públicos. A clássica encenação do espetáculo épico teatral d’A Paixão de Cristo, que é um dos carros chefes do Festival, sai da Concha Acústica para ser apresentada no Farol da Barra, em cinco dias consecutivos, de 16 a 20 de abril, enquanto a Feira Artes do Sagrado se alojará no Palacete das Artes. Já entre as novidades estão a Rota de Cinema, que contará com a exibição de filmes voltados para o tema sacro, no circuito Sala de Arte, e as Danças Sagradas, com aulas abertas de dança indiana, taichi, dança do ventre e danças circulares, no Farol da Barra.

Confira a programação completa do Festival: festivalartesdosagrado.com.br

O quê: Festival Artes do Sagrado 2014
Quando: 10 a 21 de abril
Quanto: Gratuito

Grupo Tapuia se apresentará no encerramento do Bate-Papo Tirando de Letra - Mundo Mulher

Foto: André Oliveira 
Encerrando a programação do projeto Mulher em Cena 2014, o Foyer servirá de palco para mais uma edição do Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher, com o tema Representação Social da Mulher, em que mulheres dos diversos segmentos profissionais compartilharão as experiências e os desafios encontrados em suas carreiras. E fechando a noite, o evento contará com a apresentação do Grupo Tapuia, na Escadaria da Biblioteca. 

Com influências em sons tradicionais e contemporâneos, o Grupo Tapuia é formado por Luiza Meira (voz), Tatiana Sales (voz e sanfona), Alex Meira (voz, violão e viola), Neri Góes (contrabaixo) e Dani Motta (percussões e efeitos). No repertório, eles fazem um passeio por ritmos como coco, xote e baião, nos quais estão compositores e grupos de diferentes estilos, épocas e regiões, tais como Dominguinhos, Lula Queiroga, Luiz Tatit, Mônica Salmaso, Baiano e Os Novos Caetanos, entre outros. 

O nome Tapuia foi inspirado na letra de um Baião de Princesas, manifestação popular originária do Maranhão, que significa “índios selvagens e hostis”, uma denominação dada pelos índios do litoral aos índios do interior. 

Este ano o Bate-papo será mediado pelo apresentador e jornalista Bruno Machado, e terá entre as convidadas a Coordenadora do Núcleo LGBTT da Secretaria de Justiça (SJCDH), Paulete Furacão; a Coordenadora do Projeto Força Feminina, Fernanda Priscila Alves; a Deputada Estadual, Luíza Maia; a Profª Assistente da UNEB, Ediane Lopes Santana; a Socióloga, Eliana Rollemberg; e a Makota e Professora, Valdina Pinto

Confira a programação do Mulher em Cena 2014.

O quê: Grupo Tapuia se apresenta no encerramento do Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher
Quando: 25 de abril, sexta feira, às 18h30
Onde: Foyer e Escadaria da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (térreo)
Quanto: Gratuito
Apoio: SEGILIGHT - Luz e Eventos

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Confira quem vai estar no Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher

A Biblioteca Pública do Estado da Bahia realizará no próximo dia 25 de abril, sexta feira, às 18h30, o Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher, encerrando as atividades do projeto Mulher em Cena 2014

Com o tema Representação Social da Mulher, o bate-papo contará com a participação de mulheres de diversos segmentos profissionais que compartilharão as experiências e os desafios encontrados em suas carreiras. Confira abaixo algumas das convidadas, e fique atento às próximas postagens do nosso blog para saber mais sobre as participantes: 

Ediane Lopes Santana - Profª. Assistente da UNEB e Pesquisadora sobre Relações de Gênero


Profª. Ediane Lopes Santana - Foto: Divulgação
Professora Assistente da Universidade do Estado da Bahia (UNEB - CAMPUS X) em História. Mestra em História Social do Brasil pela Universidade Federal da Bahia (2009). Possui graduação em História (licenciatura) também pela Universidade Federal da Bahia (2006), Curso de Extensão de Qualificação em gênero para professoras (es) do ensino fundamental e curso de extensão de Gênero e História, ambos pelo Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher/UFBa. Educadora social e coordenadora pedagógica com experiência em projetos sociais e de educação. Tem experiência em ensino e pesquisa na área de História com ênfase em Metodologia da Pesquisa, História da Bahia contemporânea, Relações de gênero, História do Brasil contemporâneo, História das mulheres na Bahia. Atua principalmente nos seguintes temas: Pesquisa: métodos e técnicas, Gênero e poder, Ditadura civil-militar na Bahia e no Brasil (1964), Maternalismos, Feminismos e Anticomunismos.

Paulete Furacão - Coordenadora do Núcleo LGBT da Secretaria de Justiça (SJCDH)


Paulete Furacão - Foto: Divulgação
Coordenadora do Núcleo de Defesa dos Direitos da População LGBTT,  da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH). É a segunda transexual no Brasil a ocupar uma função em secretarias estaduais. Ativista do movimento LGBTT. Ex-coordenadora da Associação Laleska D'Capri, no Nordeste de Amaralina.






Confira a programação do Mulher em Cena 2014.

Veja um pouco de como foi o Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher 2013:



O quê: Bate-papo Tirando de Letra - Mundo Mulher
Quando: 25 de abril, sexta feira, às 18h30
Onde: Foyer da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris)
Quanto: Gratuito
Apoio: SEGILIGHT - Luz e Eventos