• Neste mês de maio, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia está completando 204 anos! Confira a história dessa Instituição bicentenária!
  • Todas as segundas e quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

"Filmes para o Vestibular" apresenta: O Que É Isso, Companheiro?

Nesta quarta-feira (22), o Filmes para Vestibular apresenta o longa "O Que É Isso, Companheiro?", de Bruno Barreto. O filme retrata a situação do Brasil durante o período da Ditadura Militar e a implantação do AI-5. A exibição acontece na Sala Luiz Orlando, às 10h e 15h.










Título Original:  O Que É Isso, Companheiro?
Gênero:  Drama
Tempo de Duração: 105 minutos
Ano de Lançamento:  1997
Direção:  Bruno Barreto






Em 1964, um golpe militar derruba o governo democrático brasileiro e, após alguns anos de manifestações políticas, é promulgado em dezembro de 1968 o Ato Constitucional nº 5, que nada mais era que o golpe dentro do golpe, pois acabava com a liberdade de imprensa e os direitos civis. Neste período vários estudantes abraçam a luta armada, entrando na clandestinidade, e em 1969 militantes do MR-8 elaboram um plano para seqüestrar o embaixador dos Estados Unidos (Alan Arkin) para trocá-lo por prisioneiros políticos, que eram torturados nos porões da ditadura.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Acontece na Biblioteca

O Samba da Minha Terra

A exposição  "O Samba da Minha Terra", que comemora o “Dia do Samba” (02), vai até o último dia do mês e destaca os principais sambistas baianos.
 
Onde: corredor do 3° andar
Horário: das 08h30min às 18h



Forte de São Paulo da Gamboa

A exposição virtual, que acontece até o dia 10 de janeiro de 2011, aborda a história do Forte São Paulo da Gamboa e sua importância para a historia baiana. O Setor de Documentação Baiana disponibiliza mensalmente uma exposição virtual intitulada “Memória Fotográfica da Bahia”. Os interessados devem enviar um e-mail para: bpeb.sae@gmail.com.

Horário: das 08h30min às 18h

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

"Viver com AIDS é possível. Com preconceito, não"

Em homenagem ao Dia Mundial de Luta contra a Aids (01/12), a Subgerência de Periódicos expõe seu acervo raro e contemporâneo, abordando o tema. A mostra acontece na sala de exposições do 1º andar e permanece até o dia 31, das 08h30min às 21h.

Aids na Bahia - De acordo com o Boletim epidemioliógico Aids/DST 2010, divulgado pelo Ministério da Saúde, entre 1980 e 2010,  5.929.14 casos foram notificados em todo o Brasil, sendo 17.886  na Bahia. Atualmente, existem 12 mil infectados, sendo 51% em Salvador, o que corresponde a 5.935 pessoas.



terça-feira, 7 de dezembro de 2010

“Less Than a wall, Trapped insed a Box"

Biblioteca Pública do Estado da Bahia - BPEB apresenta a exposição “Less Than a wall, Trapped insed a Box”, da artista Sylvia Dies. A instalação itinerante ficará em cartaz do dia 03 a 19 de dezembro, das 08h30min às 21h, no Quadrilátero da BPEB. Ao reproduzir uma caixa, a instalação reconstrói indagações e provoca a experiência, repleta das riquezas que a caixa contém, da aspiração humana de transcender. A artista através de suas fotografias coloca seu corpo no território da metáfora, em sua condição de “presa”, e revela-nos o frágil ou aquilo que mais tememos. A exposição passou pelo ICBA e, após a BPEB, percorrerá outras cidades do nordeste e seguirá para São Paulo.

Onde: Quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris)
Quando: Do dia 03 a 19 de dezembro, das 08h30min às 21h.
Quanto: Grátis
Contato: (71) 3117-6084

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Campanha 16 dias de ativismo na UNEB pelo fim da violência contra as mulheres

A Campanha 16 dias de Ativismo na UNEB pelo Fim da Violência contra as Mulheres, promovida pelo Sistema de Bibliotecas da UNEB em parceria com o Núcleo de Estudos de Gênero e Sexualidade – NUGSEX/Diadorim, irá até o dia 10 de dezembro. A  programação contará com várias atividades (palestras, exibição de filmes, exposição fotográfica, mesas-redondas, Cine debate, oficinas, minicurso, entre outras). 

A Campanha também se estende para a Biblioteca Pública do Estado da Bahia, que nos dias 06 e 07 de dezembro, terá uma programação especial. Confira:
06/12/2010 e 07/12/2010
Exposição Fotográfica:
Margaridas Africanas – Silvana Conti (Ativista lésbica LBL/RS)
Exposição que foi lançada no Encontro Feminista Latino Americano e Caribenho, que aconteceu no México em 2009. Tem por objetivo visibilizar as mulheres negras de diversos lugares, classes sociais, idades e orientação sexual que a fotógrafa considera Margaridas Africanas e que não fazem parte da história oficial do Brasil.
Local: Biblioteca Pública do Estado da Bahia

07/12/2010
 16h - Roda de Prosa:
 “Representação da Mulher Negra”
  • Maria Noelci Homero (Maria Mulher - Organização de Mulheres Negras/RS)
  • Silvana Conti (LBL - RS)

17h - Cine Debate (Cineasta Márcia Cabral – ONG Minas de Cor /SP)    
Exibição de Vídeos/documentários:
  • EU SOU HOMEM (21´)
Relata histórias de quatro homens transexuais que, ao nascerem tiveram suas identidades de gênero definida como feminina, mas que, ao longo de suas vidas, lutam pelo reconhecimento social de suas identidades masculinas. A produção é do Coletivo de Feministas Lésbicas e do grupo Minas de Cor.

  • MEU MUNDO É ESSE (15´)
Meu Mundo é esse conta a história de lésbicas negras no Brasil multicolorido e multifacetado, onde elas relatam com suas próprias vozes e olhares, suas vidas e suas histórias).
 Debatedoras:
  • Márcia Cabral (Cineasta, ONG Minas de Cor)
  • Profª e Jornalista Céres Santos (Coordenadora do CEAFRO)
  • Prof. Dr.ª Suely Aldir Messeder – Coordenadora do Núcleo Estudo de Gênero e Sexualidades da UNEB – NUGSEX-Diadorim
 Local: Sala Luiz Orlando (Biblioteca Pública do Estado da Bahia)

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Abertura da exposição "Ruínas de Igatu"

A abertura da exposição “Ruínas de Igatu” acontece nesta quarta-feira (01), às 18h., na Sala Luiz Orlando. A  mostra, organizada pela arquiteta da Companhia de Restauro e coordenadora do Projeto de Consolidação e Reabilitação das Ruínas de Luís dos Santos -Igatu-Andaraí-BA Liziane Peres Manglini, apresentará painéis com textos e imagens sobre o vilarejo (Igatu) e sobre o projeto, realizado pela Companhia de Restauro, com o patrocínio da Petrobrás. O projeto foi selecionado pelo Programa Petrobrás Cultural, e desenvolvido através do mecanismo cultural da Lei Rouanet

Onde: Foyer
Quando: De 01 a 15 das 08h30min às 21h

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Caminhos para a Alfabetização

Nesta quinta-feira (25), acontece o bate-papo Caminhos para a Alfabetização com a graduanda em Pedagogia  Andréa Rego e convidados (educadores). O tema do bate-papo será o processo da alfabetização.
 
Onde: Setor Infantil - Térreo
Quando: dia 25, às 15h

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

A História do Navio ou A Pena Dourada / Camerata Opus Lúmen

A peça A história do Navio ou A pena Dourada é uma leitura dramática feita por Heraldo Souza, em que um escravo e um senhor travam um duelo verbal sobre a quem estaria favorecendo uma lei assinada pela princesa, filha do imperador, lei essa que ordena que liberte os escravos existentes no país. Os versos que aparecem na peça são trechos do poema O Navio Negreiro de Castro Alves. 

Após a apresentação teatral, o público poderá prestigiar à apresentação musical da Camerata Opus Lúmen da OSBA.

Onde: Auditório (3º andar)
Quando: 26/11, de 15h às 16h30

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Semana da Consciência Negra - Desfile de Moda

O desfile de moda Afro produzido pela Ong Omi Dúdù, parceira da Biblioteca na Semana da Consciência Negra, aconteceu nesta sexta-feira (19). As modelos mostraram tendências de estampas e cores afro, além dos penteados e maquiagem que compunham o visual. Confira a galeria de fotos:



quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Entrevista - Zéu Borges

O artista plástico Zéu Borges, que está com a exposição Hoje é um bom dia para ser feliz no Foyer da Biblioteca, concedeu uma entrevista à Biblioteca Viva e contou sobre o processo de criação, influências e inspiração dos seus quadros. Confira: 




Biblioteca Viva: De onde surgiu a ideia de misturar as texturas e elementos nos quadros? 
Zéu Borges: Eu reciclo coisas desde pequeno e na queima da cerâmica se perde pelo menos 10% do material. Um dia, tive a ideia de reaproveitar esses pedaços e misturar com outras texturas.

BV: Como é o processo de realização? 
ZB: primeiro eu trabalho na modelagem e queima da argila e depois passo para a fixação da massa acrílica. As peças são feitas uma a uma e os movimentos vêm do imaginário. O interessante é que mesmo com as peças fixas, a sensação de movimento é contínua. 

BV: Quais foram as inspirações para fazer os quadros da mostra?
ZB: A influência de Salvador e a afinidade que tenho com a estética negra, um pouco de vidas passadas... Enfim, não é uma resposta muito certa...

BV: Essa é a primeira vez que você expõe obras com essa técnica?
ZB: Esse ano fiz uma no Teatro Gamboa e já expus em alguns locais dos interiores de Seabra e Palmeiras, usando a mesma técnica e temática negra, porém sempre variando nas mensagens e títulos.

BV: Por que escolheu o nome Hoje é um bom dia para ser feliz?
ZB: É um questionamento que trago. Em vez de estarmos complicando, vamos facilitar um pouco mais,. A necessidade de ser aceito pelos outros em vez de descobrir o que realmente você é e o tempo curto para muita coisa consome a gente. Vejo essas coisas ao meu redor e não quero isso pra mim, por isso tento trazer um pouco de positivismo nos quadros.

Senac oferece vagas para curso Técnico em Biblioteconomia

 O Senac está oferecendo vagas gratuitas para o curso Técnico em Biblioteconomia para 2011. Serão duas tumas no período da tarde, das 14 às 18 horas, sendo que uma terá início no dia 31 de janeiro e a outra no dia 14 de fevereiro.

Os interessados em participar do processo seletivo para concessão de bolsas devem se inscrever pelo site www.sp.senac.br

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Semana da Consciência Negra - Mostra de filmes

Em parceria com a Ong Omi Dúdù, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia traz uma série de atividades que visam à valorização da cultura negra. Uma delas é a mostra de filmes, feitos em parceria com a Omi Dúdù, com temáticas sobre o negro. Confira a programação de quinta-feira (18): 

EBOMI CIDÁLIA:  a enciclopédia do Candomblé
Ebomi Cidália Soledade é uma religiosa do Candomblé. Foi iniciada ainda criança e é consagrada como filha de Iroko, um orixá raro na nação de que ela faz parte: Ketu. É filha de santo de Mãe Menininha do Gantóis, a quem tem um imenso carinho e respeito. Este vídeo é um recorte sobre o jeito singular de Ebomi Cidália. Seu jeito fácil, engraçado e direto de falar do Candomblé e seus ancestrais, o que faz com que as pessoas tenham ainda mais prazer em escutá-la. Fala da simplicidade da beleza da fé e apenas resume a grandeza desta personagem única.
Duração: 5’21’’
Produção: Ogunjá Produções em Vídeo

Povo de Santo
 “Povo de Santo” é uma expressão corrente que se usa na Bahia para identificar os participantes do candomblé, religiosidade ancestral africana inventada pelo povo africano, que aqui chegou escravizado pelos europeus colonizadores do Brasil. O documentário aborda a religiosidade de matriz africana na Bahia, com enfoque nas pessoas que professam essa fé.
Produção: Manoel Passos e Wilson Militão
Duração: 53’14’’

Espelho, Espelho Meu
Vídeo-documentário que traz uma abordagem sobre a cultura afro-estética no período juvenil
Duração: 17’04’’

Semana da Consciência Negra - Oficina de Afro-Estética

Confira os trabalhos realizados pelas meninas da Ong Omi Dúdù durante a oficina de Afro-Estética, que aconteceu nesta quarta-feira (17) no Quadrilátero da Biblioteca. A oficina faz parte da Semana da Consciência Negra. Confira a programação


terça-feira, 16 de novembro de 2010

Semana da Consciência Negra - Mesa redonda

Confira a programação da Semana da Consciência Negra para esta terça-feira (16), às 18h, no auditório (3° andar):
  • Mesa redonda - O Papel das Mídias Sociais na Democratização da Comunicação e na Organização dos Movimentos Negros
 
Bartolomeu Dias
Bartolomeu Dias da Cruz, Presidente do Núcleo Omi-DùDú, especialista em estética negra e filósofo formado pela Universidade Católica do Salvador.






DJ Branco
DJ Branco lidera o Programa Evolução Hip Hop na rádio Educadora e administra o CMA Hip Hop.




Semana da Consciência Negra

Na quarta-feira (17), seguindo o calendário da Semana da Consciência Negra, acontece a oficina de Afro-Estética, no Quadrilátero, das 14h às 16h.

Além do aprendizado sobre a estética afro (maquiagem, tranças etc), o público poderá trançar os cabelos e fazer penteados afro gratuitamente.

Hoje é um Bom Dia para Ser Feliz

A abertura da exposição Hoje é um Bom Dia para Ser Feliz acontece nesta terça-feira (16), às 19h, no Foyer da Biblioteca. A mostra contém 12 quadros com cerâmica em alto relevo e 3 esculturas retratando mulheres negras que dançam com leveza e indiferença, pois não permitem que os sonhos sejam corrompidos. Hoje é um bom dia para ser feliz, do artista plástico Zéu Borges, é uma parceria das artes plásticas e da dança com a intenção de instigar nossos reais valores que são reprimidos no meio de tanta pressão da vida material.

Onde: Foyer (térreo)
Quando: De 16 a 30, das 08h30 às 21h

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Oficina Kalama - Mitos Senegaleses


O griô Doudou Rose Thioune apresenta através da oficina “Kalama – Mitos Senegaleses” a tradição oral africana como construtora da identidade e elo de fortalecimento da educação, cultura e tradições afro-brasileiras. 

Onde: Setor Infantil - Térreo
Quando: 09, 16 e 23 (às 10h) e 30 (às 15h)


Comunicado - Novembro Negro

A programação no Novembro Negro foi alterada. Os shows acontecerão apenas dia 28/11 (domingo). Confiram:

Cinemando com a Literatura

A quarta edição do projeto, realizado pelo Sistema de Bibliotecas da UNEB (Sisb) da UNEB, acontece na Biblioteca Pública da Bahia entre 10 e 12 de novembro, sempre às 14h. Nesta quinta-feira (11), haverá a exibição do longa As Meninas (1995), dirigido por Emiliano Ribeiro. Na sexta-feira (12), será a vez do filme Tenda dos Milagres (1977), de Nelson Pereira dos Santos. O objetivo é levantar discussões sobre algumas das obras literárias indicadas para o vestibular 2011 da UNEB e incentivar a leitura através do cinema.
Após cada sessão é realizado um debate sobre a temática abordada, com a participação de professores da universidade e pesquisadores convidados. Mais informações: http://tinyurl.com/25lfpsl





Título: As Meninas
Gênero: Drama Literário
Duração: 71 minutos
Lançamento: 1995
Roteiro: Lygia Fagundes Telles
Direção: Emiliano Ribeiro
Elenco: Adriana Esteves, Drica Moraes,
Cláudia Liz, Otávio Augusto, Walney Costa,
Sônia de Paula, Esther Góes.





Lorena, Lia e Ana Clara são três universitárias de condição social e origens diversificadas, que se conhecem em um pensionato de freiras na cidade de São Paulo, durante a ditadura militar. Apesar das diferenças de valores e personalidades, tornam-se muito amigas, compartilham seus dramas e sonhos e ajudam-se, até o dia em que têm de se separar definitivamente.


SERVIÇO
O QUÊ: Cinemando com a Literatura
QUANDO: 10, 11 e 12 de novembro às 14h
ONDE: Auditório da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (3º andar)
Realização: UNEB/ Apoio: Fundação Pedro Calmon

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Biblioteca Pública comemora 40 anos do setor Braile com oficinas e palestras

 Da Agecom
Em comemoração aos 40 anos do Setor Braille, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia, nos Barris, ofereceu, nesta terça-feira (9), uma programação cultural diferenciada. Cerca de 60 pessoas, entre professores, estudantes, pesquisadores e curiosos, participaram da oficina gratuita “De olho no Braille”, ministrada pelos especialistas Patrícia Silva e Ricardo Guimarães.

Os facilitadores, por meio de atividades lúdicas e interativas, introduziram os participantes no universo Braille, garantindo os ensinamentos básicos para a leitura da linguagem especial. “Apostamos no formato dinâmico que permite, em minutos, a leitura do Braille sem dificuldades”, explicou Patrícia.

Entre as atividades empreendidas, as técnicas de tatear e a utilização de vendas nos olhos para potencializar a sensibilidade dos dedos. Tudo, disse a especialista, “de maneira divertida para incentivar as pessoas a mergulhar nesta linguagem, que independe da visão e amplia a comunicação e a compreensão do mundo”.

A intenção, segundo os palestrantes, é que todos os participantes tornem-se facilitadores e multiplicadores do aprendizado adquirido durante os 40 minutos de oficina. “Agora tenho uma boa noção da leitura em Braille, além de ampliar meus conhecimentos sobre acessibilidade”, afirmou uma das alunas, Flávia Morenna, que utilizará o conteúdo aprendido em suas oficinas de arte-educação, oferecida para crianças e adolescentes.

Ponto de Vista
Além da oficina, a Biblioteca realizou também o lançamento do projeto Ponto de Vista. Por meio dele, o público pode dialogar com autores que publicaram suas obras em formatos acessíveis. Na ocasião, o palestrante Ricardo Guimarães foi o homenageado, por ter sido o primeiro autor a publicar um livro em Braille pela Biblioteca, o ‘Palavras Trocadas’. “Acredito na acessibilidade cultural como porta de entrada para a inclusão de todos no mundo da leitura”.

Setor Braille 
Local especializado da Biblioteca Pública, o Setor Braille oferece um serviço diferenciado para os portadores de deficiência visual. Fundado no dia 4 de novembro 1970, possui mais de 400 livros em Braille, que vão desde clássicos da literatura nacional a revistas espanholas, além de cerca de 200 obras em áudio.

O setor disponibiliza ainda computadores com programas Dosvox e MVDA, que permitem a navegação por meio auditivo, e uma impressora em Braille, que imprime documentos normais nesta linguagem especial. Alguns voluntários sempre estão no setor para auxiliar a leitura de todos os frequentadores.

Atualmente, uma média de 200 pessoas vão ao setor por mês. Para ter acesso ao local, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, basta realizar um cadastro ao chegar e começar a usufruir dos serviços gratuitos.

Cinemando com a Literatura

A quarta edição do projeto, realizado pelo Sistema de Bibliotecas da UNEB (Sisb) da UNEB, acontece na Biblioteca Pública da Bahia entre 10 e 12 de novembro, sempre às 14h. Nesta quarta-feira (10), haverá a exibição do longa Domésticas (2001), dirigido por Fernando Meirelles. Na quinta-feira, (11), será a vez do filme As Meninas (1995), de Emiliano Ribeiro, e, por fim, na sexta-feira (12), o longa Tenda dos Milagres (1977), de Nelson Pereira dos Santos. O objetivo é levantar discussões sobre algumas das obras literárias indicadas para o vestibular 2011 da UNEB e incentivar a leitura através do cinema.
Após cada sessão é realizado um debate sobre a temática abordada, com a participação de professores da universidade e pesquisadores convidados. Mais informações: http://tinyurl.com/25lfpsl





Título original: Domésticas - O Filme
Gênero: Drama
Direção: Nando Olival e Fernando Meirelles
Roteiro: Cecília Homem de Mello, Fernando Meirelles, Nando Olival e Renata Melo, baseado em peça teatral de Renata Melo
Produção: Andréa Barata Ribeiro
Música: André Abujamra
Fotografia: Lauro Escorel
Direção de arte: Frederico Pinto e Tulé Peake
Figurino: Cristina Camargo
Edição: Déo Teixeira





No meio da nossa sociedade existe um Brasil notado por poucos. Um Brasil formado por pessoas que, apesar de morar dentro de sua casa e fazer parte de seu dia-a-dia, é como se não estivesse lá. Cinco das integrantes deste Brasil são mostradas em "Domésticas - O Filme": Cida, Roxane, Quitéria, Raimunda e Créo. Uma quer se casar, a outra é casada mas sonha com um marido melhor. Uma sonha em ser artista de novela e outra acredita que tem por missão na Terra servir a Deus e à sua patroa. Todas têm sonhos distintos mas vivem a mesma realidade: trabalhar com empregada doméstica.
SERVIÇO
O QUÊ: Cinemando com a Literatura
QUANDO: 10, 11 e 12 de novembro às 14h
ONDE: Auditório da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (3º andar)
Realização: UNEB/ Apoio: Fundação Pedro Calmon

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Informativo

No dia 05 de novembro, sexta-feira, ocorre a III Lavagem da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, em comemoração ao Dia Nacional da Cultura e 40 anos da sede da Biblioteca nos Barris.

Lembramos que neste dia, a partir das 10h, o silêncio, fator importante para o nosso funcionamento, dará lugar à apresentações musicais no Quadrilátero, que terá seu término às 18h.

O setor infantil não funcionará no dia 05 e retoma as atividades no domingo (07), a partir das 10h.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Ministério da Cultura só repassará verbas para municípios com biblioteca

 Da Agência Brasil

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, afirmou na última sexta-feira (29) que somente municípios que mantenham bibliotecas públicas terão direito de receber verbas do ministério. A medida será detalhada por meio de portaria ministerial a ser editada ainda este ano e objetiva garantir que os prefeitos invistam na manutenção das bibliotecas.

“O Brasil já zerou o número de municípios sem bibliotecas, mas elas acabam fechadas, porque os prefeitos não acham relevante pagar duas bibliotecárias e três funcionários”, disse o ministro. Por isso, segundo ele, o governo vai elaborar uma portaria que exigirá que os municípios tenham um biblioteca pública, caso contrário não terão direito a recursos federais.

“Já zeramos o déficit de bibliotecas por duas vezes, mas quando pesquisamos vimos que há mais de 100 municípios que fecharam os espaços”, destacou o ministro, durante a solenidade de comemoração dos 200 anos da Biblioteca Nacional no Rio.

O presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Muniz Sodré, afirmou que só nos últimos quatro anos foram implantadas 1.856 bibliotecas em municípios brasileiros, cada uma com 2 mil livros, além de computador e programa específico.

Muniz comemorou o repasse de R$ 31,7 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para investimentos no centenário prédio da biblioteca – construído no centro do Rio 100 anos depois de sua fundação -, incluindo elevadores, cobertura e loja temática.

Também será reformado um imóvel na região portuária, onde funcionará a hemeroteca, setor dedicado ao arquivamento e consulta de jornais, documentos e revistas. No local, que abrigará 3,5 milhões de documentos, haverá uma biblioteca popular para os moradores dos bairros da Saúde e da Gamboa.

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Ministério da Ciência e Tecnologia, fez um aporte de outros R$ 6 milhões para aumentar a capacidade de digitalização de documentos da Biblioteca Nacional, permitindo o acesso remoto às informações em qualquer parte do país e do mundo a estudantes e pesquisadores.

“A grande questão é a democratização da cultura. A biblioteca tem se aberto por meio da digitalização, que gera mais de um milhão de acessos por mês, enquanto que o número de visitantes mensais ao prédio é de 15 mil. A ideia é tornar isso aqui num centro de atração no Rio de Janeiro, não só com livros, mas também com vídeos, computadores e imagens”, afirmou Muniz.

A Biblioteca Nacional foi criada com a vinda da família real, em 1808, a partir de um acervo de 60 mil peças. Funcionou incialmente em uma sala do Hospital do Convento da Ordem Terceira do Carmo, na atual Rua Primeiro de Março. Em 29 de outubro de 1810, um decreto do Príncipe Regente determinou que o local acomodasse a Real Biblioteca, aberta ao público em 1814.

Exatamente 100 anos depois, em 29 de outubro de 1910, foi inaugurado o atual prédio da Biblioteca Nacional, que hoje possui um acervo de nove milhões de obras, sendo considerada a oitava instituição no mundo em número de documentos

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Novembro Negro

Como parte das ações em celebração ao dia da consciência negra (20 de Novembro), a Biblioteca Pública do  Estado da Bahia realizará dentro do projeto Domingos Culturais o Novembro Negro, trazendo o que há de diversidade musical da cultura negra em Salvador e na Bahia. Dentre os nomes estão os grupos:

07/11 – A Célula – Banda que mistura vertentes musicais como rock, reggae e o rap. Participação do “Bando dos Pardais”;
14/11 – Wel Carvalho – Cantor, compositor, arranjador e instrumentista que explora músicas da MPB;
21/11 – Boca Negra – Banda com repertório de músicas populares de cantores baianos;
28/11 – Dão Cantor e compositor baiano que representa a essência da musicalidade negra, repleta de swing e originalidade, com  canções influenciadas pelo soul, funk, reggae, blues, samba duro e rock’ n roll. 

Os shows acontecem no Quadrilátero, sempre às 14h.

Dia Internacional da Animação é comemorado na Sala Alexandre Robatto

Este ano, a 7ª edição nacional do Dia Internacional da Animação (DIA) será realizado em 26 cidades baianas (veja lista e endereços) e, em Salvador, o DIA será comemorado em quatro locais: Cine-Teatro Solar Boa Vista, Casa da Música, Espaço Cultural Alagados e Sala Alexandre Robatto. Esta última, localizada no subsolo da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, abrirá o evento nesta quinta-feira (28), às 19h30, com Mostras Oficiais.

O evento conta com a organização da Liberato Produções e parceria da Funceb.


quarta-feira, 27 de outubro de 2010

III Lavagem da Biblioteca Pública do Estado da Bahia

Em comemoração ao Dia Nacional da Cultura, 05 de novembro, a primeira Biblioteca Pública do Brasil, aos 199 anos, realizará a sua III Lavagem. Uma grandiosa festa que ratifica a baianidade da instituição e que em 2010 vem com uma responsabilidade ainda maior: comemorar os 40 anos deinauguração da sua atual sede, nos Barris. Não faltarão motivos para celebrar!
A única Lavagem “Profano - Literária” do calendário cultural da cidade, leva o livro, a literatura e a sua morada mais antiga no Brasil para as ruas. Uma ação cultural de grande porte que proporciona, por onde quer que o cortejo passe, o contato direto das pessoas com este universo cultural de saberes e prazeres.
 

Usuária do setor infantil da BPEB é finalista do "Soletrando"

A estudante e assídua usuária do setor infantil da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Rebeca da Silva Ribeiro, 11 anos, da Escola Municipal Amélia Rodrigues é uma das finalistas do Soletrando, quadro do programa global Caldeirão do Hulk.

Rebeca disse que não esperava o resultado, mas que por incentivo da professora continuou na seleção. A palavra que definiu a vitória da baianinha foi "maquinofatura". A próxima seleção acontece nesta quinta-feira (28), na Ribeira.

Lançamento da Campanha Natal Sem Fome dos Sonhos 2010

A Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e Pela Vida - Comitê Nacional realiza em todo o Brasil, dia 29 de outubro, o lançamento nacional da Campanha Natal sem Fome dos Sonhos 2010. Em Salvador, o evento será realizado na Biblioteca Pública do Estado da Bahia através da Ação da Cidadania - Comitê Salvador. O início de funcionamento dos principais postos de arrecadação na capital para a campanha começa a  partir do dia 16/11.O evento, realizado pelo quinto ano consecutivo na capital, fará doações de livros e brinquedos e terá uma grande festa, com a participação do Grupo Ilê Aiyê, Banda Jovem da Escola Olodum, Orquestra Castro Alves (Infanto Juvenil do Neojibá) e o Grupo de Teatro da Biblioteca Infantil Monteiro Lobato.

O artista plástico Menelau Sete pintará um quadro durante o evento e dará uma oficina de pintura para as crianças. Em comemoração ao Dia Nacional do Livro, serão realizadas apresentações de atividades ligadas à leitura por Nelsom Maka Sarau Bem Black, Biblioteca Comunitária do Cabula, Biblioteca Beth Coelho, entre outros.

O lançamento nacional da Campanha Natal sem Fome dos Sonhos 2010 conta com o apoio da Fundação Pedro Calmon através das: Biblioteca Pública do Estado da Bahia e Biblioteca Monteiro Lobato, da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Salvador, da Fundação Gregório de Matos e do Banco do Nordeste.

Serviço
Onde: Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Dia: 29/10 (sexta-feira)
Horário: das 10h às16h

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Curso - Representação da informação e do conhecimento: Metadados e ontologia

Em comemoração à Semana Nacional do Livro e da Biblioteca (23 a 29/10), a Biblioteca Pública promove mini-curso com a pesquisadora Hildenise Ferreira Novo, Mestre em Ciência da Informação e Professora do Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia.

O curso acontece no auditório (3º andar), dia 27, às 9h.

domingo, 24 de outubro de 2010

Domingo é na Biblioteca!

A programação de domingo na Biblioteca tem atrações para todos os públicos e gostos! Às 11h15,  a Cia. de Teatro Cabriola apresenta a peça infantil Histórias do Arco-da-Velha, no auditório (3º andar). Durante todo o dia acontece o projeto Tabuleiros da Bahia, um encontro regional de jogos de tabuleiro que proporcionará ao público baiano o acesso a jogos de tabuleiro importados de vários colecionadores locais (1° andar). E, às 14h, o grupo cênico-musical Os Multipétalos comandado por Alana Muinhos e Lucas de Souza faz um passeio pela Música Popular Brasileira com um  show belo e dançante no Quadrilátero (Térreo).
 

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Hora de Ouvir História

Daqui a pouco (15h), no setor infantil (térreo), acontece a Hora de Ouvir História. Os contos  serão contados por Rita Telles, Flávia Morenna e Edna Melo. 



quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Filme na Biblioteca

Hoje, às 15h, acontece o Filmes para o Vestibular, sessão que a Biblioteca realiza com filmes que, normalmente, são pedidos em provas de vestibular.






título: Baile Perfumado
gênero:Drama
duração:01 hs 33 min
ano de lançamento:1997
estúdio:Riofilme
direção: Paulo Caldas , Lírio Ferreira
roteiro:Paulo Caldas, Lírio Ferreira e Hilton Lacerda
produção:Paulo Caldas, Germano Coelho Filho, Lírio Ferreira, Marcelo Pinheiro e Aramis Trindade

Amigo íntimo do Padre Cícero (Jofre Soares), o mascate libanês Benjamin Abrahão (Duda Mamberti) decide filmar Lampião (Luís Carlos Vasconcelos) e todo seu bando, pois acredita que este filme o deixará muito rico. Após alguns contatos iniciais ele conversa diretamente com o famoso cangaceiro e expõe sua idéia, mas os sonhos do mascate são prejudicados pela ditadura do Estado Novo.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Camapet: Desenvolvimento Sustentável Transformando Resíduos em Criatividade


 Começa nesta quarta-feira (13) a exposição da Camapet (Cooperativa de Coleta Seletiva, Processamento de Plástico e Proteção Ambiental). A organização transforma resíduos sólidos em trabalhos criativos como bijouterias de garrafas pet e puffs de jornal. 


A exposição acontece de 6 a 31 de outubro, das 08h30min às 18h.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Origami - Transformando papel em arte


Em comemoração ao Dia Mundial do Origami (24/OUT), a Subgerência de Periódicos está expondo na Sala de exposições (1° andar) uma mostra especial do seu acervo raro e contemporâneo (jornais, revistas e recortes), juntamente com os trabalhos de origami de Emanuel Vieira, bibliotecário atuante como voluntário em diversas oficinas de Origami, Xadrez e Artesanato.

A mostra acontece de 04/10 a 31/10, das 08h30min às 21h. 




segunda-feira, 4 de outubro de 2010

É hoje!

Hoje tem a abertura da exposição "Capão, Memórias e Cores", do artista Salomão Zalcbergas, às 19h no Foyer da Biblioteca. Em uma conversa com a Biblioteca Viva, o artista comenta sobre o processo de criação, as cores e a magia do Capão: 
Salomão Zalcbergas

Biblioteca Viva - Quando começou o processo de observação no Capão?

Salomão Zalcbergas - Conheço o Capão há 30 anos. Desde então, começei a perceber as mudanças no Vale. Quando cheguei, não havia luz elétrica nem água encanada e hoje já tem. Venho observado todas essas evoluções e tentado registrá-las. 

BV- Há quanto tempo você vem trabalhando nesse projeto?

Salomão - O trabalho com as telas é recente, mas venho trabalhando na pintura de casas e muros do Capão. Tento registrar a história da cidade através da pintura para guardar as lembranças dos antepassados. 
BV - Como consegue revelar os personagens do Vale nas suas telas?

Salomão - Através da vivência. Não teria como fazer o trabalho se eu estivesse distante, registro somente com o olhar. Não sou acadêmico, meu estilo é caricatural e o importante para mim é a cor, a sintonia entre elas. 

Obra: O Armazém
BV - Tem preferência por alguma tela? 

Salomão - O público tem suas preferências mas para mim é difícil. Cada obra é um desafio, uma verdadeira sabatina cromática. "O Armazém" foi um problema para harmonizar as cores, porque a cena em destaque acontece dentro da vila, que está abaixo. Tive que fazer uma fusão entre o chão e o céu e só ontem consegui terminar. Eu vou fazendo, os problemas vão surgindo e as soluções aparecendo. 

  BV - Quais são os projetos futuros? 

Salomão - Amanhã viajo novamente ao Capão para participar da filmagem de Robert Studart, cinegrafista baiano que vive em São Paulo e é amante do Vale.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Promoção!

A Biblioteca Pública do Estado da Bahia sorteará um par de ingressos para o concerto da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), que será realizado nesta quarta-feira (06), no Teatro Castro Alves, às 16h. Para concorrer, você deve mandar uma frase de incentivo a leitura para o e-mail promocaobpebviva@gmail.com 

A escolha da melhor frase será na segunda-feira (04), e o sorteado deve comparecer a Biblioteca Pública do Estado da Bahia até terça-feira (05) para retirar os ingressos na Biblioteca Viva (3° andar).  Boa sorte!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Zona Mundi na Biblioteca

Nesta quinta-feira (30), o Zona Mundi estará na Biblioteca Pública do Estado e fará um workshop de vjclip e processo criativo com o consagrado artista multimídia Nacho Duran. A oficina acontecerá na Sala Luiz Orlando, das 14h às 17h.

Nacho Duran - Nacho é espanhol mas fixou residência em São Paulo em 2001. Seu trabalho abrange novas tecnologias e mídias e em 2002, criou o primeiro vídeoblog da America Latina.

Frevo Nordestino

Termina nesta quinta-feira (30) a exposição Frevo Nordestino, realizada pelo Setor de Audiovisual, através de Vinil / VHS / DVD e imagens, prestigiando esse estilo musical ao som de intérpretes como: Elba Ramalho, Alceu Valença, Amelinha entre outros, que enaltecem o conhecimento popular e encantam os que as escutam.
A exposição, que é uma homenagem ao Dia do Frevo (14 de setembro), encontra-se no Setor Audiovisual (3º andar) e pode ser visitada das 08h30 às 18h.


terça-feira, 28 de setembro de 2010

O Espetáculo Lúdico da Humanidade

Termina dia 30/09 (quarta-feira), a exposição O Espetáculo Lúdico da Humanidade, realizada pela Subgerência de Periódicos em comemoração ao Dia do Teatro (19/09). Na mostra, jornais, revistas e recortes raros e contemporâneos contam a história do teatro brasileiro.A exposição acontece na
sala de exposições do 1º andar, das 08h30min às 21h. 





Oficina Salve os Erês

A oficina, que acontece às 15h desta terça-feira, aborda a história dos gêmeos Cosme e Damião, com a confecção de um painel sobre os santos. Os oficineiras Rita Telles, Flávia Morenna, Edna Melo e Andréa Rego comandam o evento, que será realizado no Setor Infantil, Térreo.

Mais informações no (71) 3117-6084/6093