• Neste mês de maio, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia está completando 204 anos! Confira a história dessa Instituição bicentenária!
  • Todas as segundas e quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Dica Cultural: Grand Thèâtre Pão e Circo reestreia em Salvador

Divulgação | Foto: Rogério Cunha
Sucesso de público e de crítica, o espetáculo teatral Grand Thèâtre: Pão e Circo volta a cartaz, em Salvador, desta vez no Espaço Caixa Cultural Salvador, de 05 a 08 de dezembro, às 20h, com exceção da apresentação do domingo, programada para as 19h. Selecionada pelo Edital do Programa de Ocupação dos Espaços da Caixa Cultural, a peça vencedora do Prêmio Braskem de Teatro de Melhor Atriz (2007) já foi vista por mais de 10 mil pessoas, entre temporadas, turnês, festivais e especiais para TV. Com direção, atuação e roteiro de Carol Kahro, o monólogo permanece atual ao fazer uma sátira à espetacularização do cotidiano nos programas jornalísticos da televisão brasileira, que retrata, de forma chocante e catastrófica, a realidade social do país. O ingresso será trocado por um quilo de alimento não-perecível.

A equipe técnica permanece a mesma, mas o público poderá conferir mudanças tanto na direção artística do espetáculo quanto no figurino da personagem central, que passa a ganhar maior identidade com a estética anárquica do punk-rock. As cores quentes do figurino em contraste com as cores vibrantes das projeções de TV compõem o cenário da dramaturgia, que também valoriza o corpo performático da atriz – que explora as variadas nuances da voz e da mímica corporal dramática.

O monólogo traz Carol Kahro na personagem de característica grotesca e de personalidade anárquica, que interpreta diferentes personagens cr
iadas com base em eventos desencadeados a partir da leitura de uma notícia. Grand Thèâtre: Pão e Circo é uma sátira bufonesca que representa uma farsa – gênero dramático com tendência para o ridículo, caracterizado por situações caricatas.

“É uma personagem que ri das mazelas e representa traços de desejos e de alienação da sociedade do espetáculo”, afirma a atriz. Natural de Salvador e formada pela Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia, Carol, 35 anos, é contundente: “Estimular as pessoas a frequentar o teatro e outras manifestações artísticas é um desafio de todos”, comenta, fazendo um contraponto em relação à cultura de rápida apreensão, que não estimula o pensamento crítico.

Quando: De 05 a 08 de dezembro de 2013, quinta a sábado, às 20h, e domingo às 19h
Onde: Espaço Caixa Cultural Salvador. Av. Carlos Gomes, 57, Centro.
Quanto: 1kg de alimento não-perecível. A troca deverá ser feita no local e dia do espetáculo, a partir das 9h, até o esgotamento dos ingressos.
Fonte: SecultBa

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

AVISO: Biblioteca funcionará até às 19h

Clique para ampliar

Bienal dos Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa acontece em Salvador

Clique para ampliar
Faltam apenas cinco dias para a VI Bienal dos Jovens Criadores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). A abertura oficial do evento será no dia 3 de dezembro, às 17h, no Teatro Castro Alves, em Salvador (BA). O encontro, que acontece até o dia 7, terá programação no prédio da Biblioteca Pública do Estado da Bahia e no Pelourinho e vai reunir jovens criadores de sete países que compõem o Bloco – Brasil, Angola, Cabo Verde, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Esta é a primeira vez que o Brasil sedia o evento, que visa consolidar esse espaço como um fórum de diálogo, incentivando, apoiando e promovendo a criatividade, inovação e empreendedorismo da juventude lusófona.

A abertura oficial será antecedida por uma Conferência de Ministros e Responsáveis de Juventude e Desportos da CPLP, que acontece também no dia 3 de dezembro, das 9h30 às 16h. O ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República, e a secretária nacional de Juventude, Severine Macedo, estarão presentes nesse encontro, que irá debater questões relativas à agenda de juventude e as políticas públicas para o segmento nos países que integram o Bloco.

Entendendo os jovens como agentes de direitos, a VI Bienal estimulará o fortalecimento e a interação das redes de juventude e de cultura, a fim de promover o exercício da emancipação, da participação e da mobilização. São essas premissas que levam o Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Juventude, da Secretaria-Geral da Presidência da República, a organizar o evento e valorizar o papel dos jovens criadores no processo de integração da CPLP. A Bienal, cujo tema é “Política de Juventude e Cultura Livre”,  conta com a parceria dos Ministérios da Cultura; Esporte;  Relações Exteriores e do Governo do Estado da Bahia.

Programação –  A partir da abertura do evento, no Teatro Castro Alves, com a presença dos Jovens Criadores da CPLP, o encontro terá uma ampla programação, com oficinas, seminários, exposições e agendas culturais. Os debates estarão concentrados no Complexo dos Barris e a programação cultural acontecerá, na sua grande maioria, nos espaços do Pelourinho. Para o encerramento, no dia 7/12, está previsto um grande Cortejo, a partir das 20h, com show de encerramento das 22h às 23h30.
A programação completa pode ser acessada clicando aqui.

Sobre a VI Bienal – A I Bienal de Jovens Criadores aconteceu em 1998, na cidade de Praia, em Cabo Verde. As cidades de Porto, em Portugal e Maputo, em Moçambique, sediaram, respectivamente, a II Bienal no ano de 2001 e a III Bienal, em 2006. Em 2009 foi realizada a I Mostra de Jovens Criadores em Lisboa, tendo como conceito fundamental “ser um espaço de encontro entre os jovens da CPLP, com base nas perspectivas culturais de cada uma, nas diversas formas de expressão”. A última Bienal aconteceu em Angola em 2011 e, após a edição brasileira, em 2013,  teremos as edições de Moçambique (2015); Portugal (2017) e Guiné-Bissau (2019).

A VI Bienal terá como uma de suas principais diretrizes a integração cultural entre as juventudes dos países participantes do evento. A partir da imensa diversidade de manifestações, identidades e visões de mundo presente na juventude brasileira e dos demais países, a VI Bienal pretende ser um espaço de debate, reflexão e expressão cultural. O encontro ainda pretende abordar as Políticas Públicas de Juventude no Brasil,  para que sejam compartilhadas com os participantes dos demais países.

O encontro receberá diversos segmentos artísticos, como bandas de música, grupos de dança, companhia de teatro, coletivos de artes visuais, exposição individual. Tendo em vista a necessidade de integração cada vez maior entre as juventudes da CPLP, o evento trará como uma de suas diretrizes, o debate em torno da cultura digital e o seu papel na consolidação da articulação entre os países do Bloco.

Quando: De 03 a 07 de dezembro de 2013
Onde: Teatro Castro Alves, Biblioteca Pública do Estado da Bahia, DIMAS, Espaço Xisto Bahia e Pelourinho
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Paulinho da Viola, Elza Soares e Riachão se apresentam em Salvador

Cantora Elza Soares é atração no Santo Antônio
O Dia Nacional do Samba, celebrado em 2 de dezembro, será comemorado com um Festival em Salvador. O evento será realizado entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro, no Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico, e reunirá importantes nomes do gênero, como Riachão, Elza Soares, Paulinho da Viola e Roberto Mendes. De acordo com secretário de Desenvolvimento, Cultura e Turismo de Salvador, Guilherme Bellintani, 16 atrações vão se apresentar em dois palcos montados no local nos três dias de festa. A entrada é gratuita. 

Quem abre o Festival, na sexta-feira (29), é o maestro Letieres Leite. O evento está marcado para começar a partir das 18h. No mesmo dia ainda se apresentam grupo Canto da Praça,  grupo Botequim, que levará os convidados Walmir Lima, Roque Ferreira, e Elza Soares.

No dia seguinte, a programação começa mais cedo, às 14h, com Narizinha, Canto da Praça e Samba Sovaco da Cobra. Entre as atrações do último dia do festival, o domingo (1º), está Paulinho da Viola. A festa no domingo começa a partir das 13h.

Programação

Sexta-feira (29) – a partir das 18h
Atrações: Maestro Letieres Leite; grupo Canto da Praça; grupo Botequim – Convidados: Walmir Lima e Roque Ferreira; Elza Soares.

Sábado (30) - a partir das 14h
Atrações: Narizinha, Canto da Praça e Samba Sovaco da Cobra; grupo Samba Candomblé de Angola; Roberto Mendes e Riachão; É o Tchan e Edil Pacheco.

Domingo (1º) – a partir das 13h
Atrações: Samba do Gia, Samba Chula de São Braz; Paulinho da Viola; Arrastão do Samba de Hoje a Oito.

Fonte: G1 Bahia.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

IPHAN tomba o Teatro Castro Alves e Terreiro de Oxumaré

Foto: Divulgação
O conselho consultivo do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) tombou, na manhã desta quarta-feira (27), o Teatro Castro Alves (TCA) e o terreiro de candomblé Ilê Axé Oxumaré, ambos localizados em Salvador. A reunião aconteceu na sede do IPHAN, em Brasília. Esta foi a última reunião do conselho em 2013.

"De fato hoje foi um dia da Bahia aqui no Conselho do Iphan. O Teatro Castro Alves foi tombado por sua importância arquitetônica e cultural. Ele passou por um período de intensa atividade de grandes artistas e hoje em dia passa por uma renovação importante, que vai dar mais vitalidade ao local. Já a Casa de Oxumaré coroa uma proteção ao candomblé, sendo uma das casas mais tradicionais da Bahia. Hoje no Conselho tivemos a presença de diversas lideranças religiosas. Esse reconhecimento e essa celebração faz jus a algo muito importante da cultura brasileira", falou ao G1 a presidente do Iphan, Jurema Machado.

Para o diretor do Teatro Castro Alves, Moacyr Gramacho, esse tombamento é da máxima importância. "O TCA é um patrimônio de grande importância para os baianos. Essa atitude é louvável porque é um equipamento que foi construído na década de 50, mas é um equipamento que dialoga com o contemporâneo. Além disso, é um teatro vivo, atuante como um dos complexos mais ativos do país, recebendo espetáculos arrojados em todas as artes", disse

Já o terreiro Ilê Axé Oxumaré, localizado na Avenida Vasco da Gama, na Federação, é um dos mais antigos templos do candomblé do país. A solicitação do tombamento foi realizada em 18 de setembro de 2002 pelo sacerdote Babalorixá Agoensi Danjemin, supremo dirigente do Ylê Oxumarê e pelo presidente da Sociedade Cultural Religiosa São Salvador – Ilê Oxumarê, Silvanilton Encarnação da Mata.

Fonte: G1 - http://va.mu/dfgg

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Biblioteca promove sessão de cinema em homenagem ao Novembro Negro

Imagem do filme "Um Grito de Liberdade"
O projeto Filme na Biblioteca apresenta nesta quarta-feira (27) duas sessões de cinema. O longa A Outra História Americana, do diretor Tony Kaye, será exibido às 10h; às 15h, haverá a exibição do filme Um Grito de Liberdade, com direção de Richard Attenborough. As sessões acontecerão na Sala de Projeção Luiz Orlando, no 3º andar da Biblioteca, com entrada gratuita.

A Outra História Americana
Derek (Edward Norton) busca vazão para suas agruras tornando-se líder de uma gangue de racistas. A violência o leva a um assassinato, e ele é condenado pelo crime. Três anos mais tarde, ele sai da prisão e tem que convencer seu irmão (Edward Furlong), que está prestes a assumir a liderança do grupo, a não trilhar o mesmo caminho.

Clique para assistir

Um Grito de Liberdade
Nos anos 1970, na África do Sul do apartheid, Donald Woods é um jornalista branco que conhece e se torna amigo de Steve Biko, o importante militante pelos direitos dos negros. Quando Biko é morto na prisão em 1977, Woods percebe a necessidade de divulgar a história do ativista, a perseguição que sofreu, a violência contra os negros e a crueldade do regime do apartheid. Mas ele e sua família também se tornam alvos do racismo, e precisam deixar o país às pressas.

Clique para assistir

Quando: Dia 27 de novembro de 2013 (quarta-feira), às 10h e 15h
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando - 3º andar
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: CineFacom exibe “A Rebelião Pinguina” de Carlos Pronzato

Clique para ampliar
Nesta quarta-feira (27), o CineFacom exibe o documentário “A Rebelião Pinguina: Os estudantes chilenos contra o sistema”, do cineasta argentino radicado na Bahia Carlos Pronzato. Também será feita uma retrospectiva da obra do cineasta, através de um vídeo com fragmentos de seus filmes. A mostra especial é voltada ao videoativismo, trazendo um dos diretores mais renomados deste gênero filmográfico, Carlos Pronzato, que participará de um bate-papo com o público após a exibição. A sessão acontece às 19 horas, no auditório da Faculdade de Comunicação (Facom) da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

O filme
Em maio de 2006, o Chile presenciou o surgimento e maturação do movimento de estudantes secundários, que configuraram um processo de luta e imensa força com mais de um milhão de estudantes mobilizados em todo o território nacional. Com protestos de rua e principalmente tomadas de colégio, os pinguins, como são conhecidos os estudantes secundaristas no Chile, exigiram não só melhoras na educação, mas também mudanças estruturais no país e selaram um caminho de luta.

Autor
Nascido na Argentina, o cineasta Carlos Pronzato vive no Brasil desde 1989.  Poeta, escritor, diretor teatral e cineasta, teve suas obras audiovisuais e literárias destacadas pelo compromisso com a cultura, a memória e com o protagonismo popular. Possui documentários clássicos sobre as mobilizações populares que derrubaram presidentes em 2001 e 2003, na Argentina e Bolívia, respectivamente, filmes de memória, de historia e da celebração da cultura e da luta dos afro-latino-americanos .

Projeto
Criado em fevereiro de 2013, por meio do Centro Acadêmico Vladimir Herzog (CAFacom), o projeto CineFacom  tem sido um espaço de circulação e reflexão da produção audiovisual universitária e contemporânea. O Cinefacom promove mostras quinzenais, de variados gêneros e temáticas, possibilitando a inscrição de vídeos de estudantes matriculados na UFBA. Atualmente o CineFacom é realizado com apoio da UFBA através do Edital PROEXT/Eventos 2013, com emissão de certificados de horas de extensão acadêmica.

Quando: Dia 27 de novembro de 2013, às 19 horas
Onde: Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA - Ondina
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

25 de Novembro: Dia da Baiana de Acarajé

Clique para ampliar

Subgerência de Periódicos promove exposição sobre cinema nacional

Clique para ampliar

Dica Cultural: Documentário sobre o Bando de Teatro Olodum no "Curta Cinema"

Clique para ampliar
O projeto Curta Cinema, do Centro Cultural da Câmara Municipal de Salvador, exibirá na próxima quarta-feira (27), às 15h, o documentário “Nós, o Bando”, que conta um pouco da trajetória do Bando de Teatro Olodum.

O filme, que foi dirigido pela cineasta baiana Sofia Federico, fala da origem do grupo – formado exclusivamente por atores negros -, métodos de trabalho, conquistas e da importância que tem para seus artistas.

O Bando de Teatro Olodum foi fundado no ano de 1990 e é uma das poucas companhias a manter um corpo estável, com elenco, diretores e técnicos. Em sua trajetória, o Bando construiu e consolidou uma dramaturgia e estética próprias, tendo o negro e sua tradição sociocultural como matéria-prima de seus espetáculos, comprometendo-se com um teatro engajado, mas também atento à alegria do palco.

Após a exibição do documentário, haverá um bate-papo com convidados. Para a realização do Curta Cinema, o Centro de Cultura conta com a parceria do Iteia – Rede Colaborativa de Cultura, Arte e Informação. 

Quando: Dia 27 de novembro de 2013 (quarta-feira), às 15h
Onde: Centro Cultural Vereador Manuel Querino - Praça Municipal, subsolo da Prefeitura
Informações: (71) 3320-0412
Quanto: Gratuito

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Dica Cultural: Obras de Saulo Portela inspiram poesia e performances no Palacete das Artes

Artista baiano apresenta performance no Palacete das Artes
Convidado pelo Palacete das Artes, o baiano Saulo Portela comemora duas décadas de pintura em exposição com entrada franca que vai até 08 de dezembro, na Galeria Mansarda. O trabalho do artista, que mora e produz em Paris desde a década de 1990, está reunido em 20 telas feitas em tinta acrílica, que inspiraram os poemas do livro Ut pictura poesis. O título do livro significa, literalmente, “Em pintura como em poesia”, pois traz poemas que nasceram da apreciação dos quadros de Saulo por diversos artistas internacionais em saraus literários, conduzidos nos círculos culturais da vanguarda parisiense.

Agora, estes poemas ganham vida em performances do ator e diretor franco-italiano Marcello Scuderi nos dias 28 de novembro e 05 de dezembro, em duas apresentações diárias gratuitas, às 19h e às 20h, para 50 pessoas cada. As performances de Scuderi, intituladas Ida Simples para Saulo Portela, durarão 20 minutos e trarão encenação e diálogo entre o ator e a obra de Saulo Portela, envolvendo cenografia, música, corpo e movimento.

“Encontrar-me com o mundo pictórico de Saulo Portela tem sido uma feliz surpresa porque a sua cor fala. Este vitalíssimo uso da cor aparenta estar em contínuo movimento em um espaço que pode parecer fluido mas é, na realidade, seu mundo poético ao qual somos convidados”, argumenta o crítico e diretor de teatro italiano Maurizio Scaparro. “Ut pictura poesis” é um livro com universos diferentes, onde os autores se questionam sobre os quadros, sua existência, sua materialidade. Certo dia, Saulo Portela me deu este livro para ler. Lendo-o me veio a pergunta: e se eu desse voz e corpo a estes poemas?”, explica Marcello Scuderi sobre a performance.

Sobre a exposição Saulo Portela – A mostra fica em cartaz na Galeria Mansarda e poderá ser visitada de terça a sexta-feira, das 13h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h, até o dia 8 de dezembro.

Serviço:
O quê: Performance Ida Simples para Saulo Portela, com Marcello Scuderi
Quando: Dias 28 de novembro e 05 de dezembro de 2013, às 19h e às 20h a cada dia
Onde: Palacete das Artes – Rua da Graça, 284 – Graça
Quanto: Gratuito
Informações: (71) 3117-6987 / 6910

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Setor Infantil realiza duas oficinas até o final de novembro

Clique para ampliar

Dica Cultural: Prazo final para inscrições no Festival 5 Minutos

Clique para ampliar
Termina no dia 2 de dezembro o prazo para as inscrições da 16ª edição do Festival Nacional 5 Minutos. Realizado pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), através da sua Diretoria de Audiovisual (DIMAS), o concurso agora aberto visa à seleção de 50 vídeos com duração de até cinco minutos, de temática e estética livres, para integrar a Mostra Competitiva do evento, que distribuirá um total de R$ 32 mil em prêmios. O texto do edital, bem como seus anexos, pode ser consultado nos sites da DIMAS (www.dimas.ba.gov.br) e da FUNCEB (www.fundacaocultural.ba.gov.br).

Inicialmente previsto para ser realizado este ano, o Festival foi adiado para novo período no primeiro semestre de 2014. Planejado para realizar extensões inéditas, o XVI Festival Nacional 5 Minutos passará a perdurar um mês inteiro – até a mais recente edição, acontecia durante uma semana – e não apenas movimentará circuitos de exibição em diferentes regiões dentro da própria Salvador e em nove cidades do interior do estado para onde é levada a Mostra Competitiva, como também terá as cidades de Cachoeira, Paulo Afonso e Vitória da Conquista como sede das ações.

Já tradicional ação de incentivo à experimentação, produção e difusão do audiovisual no Brasil, o projeto então se amplia, incorporando o conceito de transversalidade das linguagens com ações que transcendem os espaços habituais de exibição, explorando a geografia das cidades, patrimônios históricos e o cotidiano dos seus moradores. O 5 Minutos terá projeções públicas em bares, prédios de grande valor arquitetônico e até nos cânions do São Francisco. Esse caráter múltiplo reforça e atualiza dois dos conceitos fundamentais do festival: de um lado a liberdade – de formatos, gêneros, técnicas e temas – e, de outro, a permanente expansão na exploração das mais variadas formas de expressão audiovisual – seja tecnológica, de narrativas ou de suportes.

Assim, além de exibir um mosaico da mais recente produção audiovisual brasileira, o evento abrirá espaço para as mais diversas formas de expressão baseadas no uso da imagem e do som, entre elas a videoarte, o videomapping e a videoinstalação. Também frutífero lugar de intercâmbio entre realizadores de todo o país, o Festival promove atividades paralelas, que buscam investir na formação e aperfeiçoamento dos profissionais, discutir pautas de interesse da classe e dar visibilidade às suas ações.

DOS PRÊMIOS E INSCRIÇÕES – Os prêmios da Mostra Competitiva são divididos em quatro categorias: “1º lugar – Prêmio Walter da Silveira”, no valor de R$ 12 mil; “2º lugar – Prêmio Alexandre Robatto”, no valor de R$ 10 mil; “3º lugar – Prêmio Roberto Pires”, no valor de R$ 8 mil; e “Prêmio Vito Diniz”, no valor de R$ 2 mil, para o melhor vídeo de jovem realizador, escolhido dentre os participantes com idade de até 21 anos. Os vídeos não-selecionados para a Mostra Competitiva poderão integrar a programação da mostra Panorama Nacional, de caráter não-competitivo.

Podem se inscrever pessoas físicas, brasileiros natos ou naturalizados, além de estrangeiros com situação de permanência legalizada, de qualquer estado do país, que sejam diretores ou codiretores da(s) obra(s) a ser(em) apresentada(s). Cada proponente pode submeter até três vídeos, que não devem ter sido exibidos em edições passadas do evento. As inscrições são efetivadas tanto presencialmente, na sede da DIMAS, em Salvador/BA, de segunda a sexta-feira, das 9 às 12 e das 14 às 18 horas, quanto por via postal, através dos serviços de Correspondência Registrada ou Sedex, com Aviso de Recebimento, com a apresentação, em envelope lacrado, dos documentos listados na minuta do edital.

SERVIÇO
Inscrições para o XVI Festival Nacional 5 Minutos
Até 2 de dezembro de 2013

Inscrições presenciais:
Na DIMAS (Rua General Labatut, nº 27, subsolo, Barris, Salva
dor/BA. CEP 40.070-100)
De segunda a sexta-feira, das 9 às 12 e das 14 às 18 horas

Inscrições via postal:
Unicamente através dos serviços de Correspondência Registrada ou Sedex, com Aviso de Recebimento/AR, encaminhadas para o mesmo endereço.

Sites:
Informações: (71) 3116-8117 ou 3116-8143 | 5minutos.dimas@gmail.com
Realização: DIMAS/ FUNCEB/ SecultBA

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

20 de novembro: Dia da Consciência Negra


Dica Cultural: Grandes artistas da música negra baiana agitam Semana da Consciência Negra no Pelourinho

Foto: Divulgação
O Pelourinho se une aos festejos em torno da Semana da Consciência Negra, e traz durante os próximos dias uma programação diversificada, que mostra a black music em suas diversas vertentes. A realização é do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), e faz parte do II Encontro das Culturas Negras, ação promovida pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBa) por meio de suas vinculadas para comemorar o mês Novembro Negro, projeto do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi).

Hoje, dia 20, o Pelourinho comemora o Dia Nacional da Consciência Negra com um programação artística especial. Abrindo a comemoração, o Afoxé Filhas de Gandhy sairá em cortejo pelas ruas do Pelourinho, às 20h. Mais tarde, às 21h, Graça Onasile faz show no Largo Quincas Berro d’Água, com participações de Wil Carvalho, Afro Jhow, Carla Lis e Marquinhos Marques. No Largo Tereza Batista, Gabi Guedes traz a mistura de ritmos do candomblé com instrumentos do jazz e as batidas do afrobeat, com o projeto Pradarrum. Já no Largo Pedro Archanjo, Dão & a Caravana Black representam a moderna música negra baiana com um repertório diversificado que permeia ritmos como samba, funk, pop, reggae, soul, entre músicas autorais e algumas homenagens a famosos artistas da black music.

Na quinta (21), o grupo Performáticos Quilombo apresenta no Largo Pedro Archanjo um espetáculo que reúne elementos da poesia, da música, da dança e do teatro, representando as heranças artísticas e culturais afrodescendentes. Conhecido pela beleza de suas fantasias e empolgação de seus integrantes, o Bloco Afro Bankoma promove mais um ensaio no Largo Tereza Batista, ao som de repiques, cheqyerês, timbaus, dentre outros instrumentos percussivos. E dando seguimento ao projeto Misturando Ritmos e emoções, o rapper Afro Jhow realiza mais uma edição do show A noite é delas, com um repertório que privilegia canções que exaltam e valorizam as mulheres, tendo como convidados Afro Ragga, Erick DJembê, Savannah Lima, Fael Primeiro, Mc Babel e Mr. Armeng.

E entrando no final de semana, na sexta (22), a cantora apresenta Márcia Short apresenta o show Onde eu sou você. Onde você show eu, no repertório tem músicas autorais fundindo samba-reggae, pop, MPB e reggae music, agitando o Largo Pedro Archanjo. No Largo Tereza Batista, a Banda Didá, formada por 14 musicistas, entre percussão, harmonia e voz, traz no repertório canções de grandes nomes do cenário musical nacional, além de musicas de grandes estrelas internacionais, com novas roupagens e arranjos com a cara da Bahia. No Largo Quincas Berro d’Água, conscientização, politização e identidade cultural são palavras de ordem que regem o repertório de Shamáyim Zion, contando fatos históricos, falando de amor e louvando a Jah.

E no sábado (23), a partir das 21h, tem a Banda Zuluz que funde vários ritmos num grande caldeirão musical no Largo Pedro Archanjo. E no Largo Quincas Berro d’Água, a banda de reggae roots, Moa Anbesa apresenta o show Consciência Rasta, com uma sonoridade bastante original e muito sentimento que têm consolidado a banda no cenário musical baiano.

No domingo (24), o Grupo Negros de Fé em parceria com a Associação dos Moradores e Amigos do Curuzu (AMAC), promove o Samba Enxoval, com o Grupo Tempero do Samba, Catadinho do Samba, FA Amaral, tendo participação de Nattan – Movimento Seja Você Também Um Sambista Solidário, Negro Davi, Gal do Beco, Rose Belo e Marcos Pocaolho. O evento começa às 15h, no Largo Tereza Batista e a entrada é realizada com 01 peça de enxoval de bebê que será doado a comunidade do Curuzu. De noite, às 20h, a banda Conexão Reggae apresenta um trabalho fortemente marcado pela musicalidade jamaicana, mesclado a traços próprios de sua identidade, com uma linguagem descontraída e ritmo dançante no Largo Quincas Berro d’Água.

Dia 20/11

O quê: Filhas de Ghandy
Onde: Ruas do Pelô, às 20h
Quanto: Gratuito

O quê: Dão e a Caravana Black
Onde: Largo Pedro Archanjo, às21h
Quanto: Gratuito

O quê: Gabi Guedes e Pradarrum
Onde: Largo Tereza Batista, às 21h
Quanto: Gratuito

O quê: Graça Onailê
Onde: Largo Quincas Berro d’Água, às 21h
Quanto: Gratuito

Dia 21/11

O quê: Bloco Afro Bankoma
Onde: Largo Tereza Batista, às 20h

O quê: Afro Jhow
Onde: Largo Quincas Berro d’Água, às 20h
Quanto: Gratuito

O quê: Performáticos Quilombo
Onde: Largo Pedro Archanjo, às 21h
Quanto: Gratuito

Dia 22/11

O quê: Márcia Short
Onde: Largo Pedro Archanjo, às 21h
Quanto: Gratuito

O quê: Didá Banda Feminina
Onde: Largo Tereza Batista, às 21h
Quanto: Gratuito

O quê: Shamáyim Zion
Onde: Largo Quincas Berro d’Água, às 21h
Quanto: Gratuito

Dia 23/11

O quê: Banda Zuluz
Onde: Largo Pedro Archanjo, às 21h
Quanto: Gratuito

O quê: Moa Anbessa
Onde: Largo Quincas Berro d’Água, às 21h
Quanto: Gratuito

Dia 24/11

O quê: Samba Enxoval
Onde: Largo Tereza Batista, às 15h
Quanto: 01 peça de enxoval para bebê

O quê: Conexão Rasta
Onde: Largo Quincas Berro d’Água, às 20h
Quanto: Gratuito

Fonte: Pelourinho Cultural (http://va.mu/deo5)

"Café Científico Salvador" acontece na Biblioteca

A Biblioteca recebe nesta quinta-feira (21) mais um encontro do Café Científico Salvador, com palestra do professor Henrique Batalha Filho, do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia. Com o tema “Processos evolutivos nas florestas da América do Sul: o que as aves nos contam”, o evento será realizado na Sala Luiz Orlando (3º andar), às 18h. A entrada é gratuita.

Realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS) Livraria LDM e Tribuna da Bahia, o Café Científico é um local em que qualquer pessoa pode discutir desenvolvimentos recentes das várias ciências e seus impactos sociais. Ele oferece uma oportunidade para que cientistas e o público em geral se encontrem face a face para discutir questões científicas, numa atmosfera agradável.

Quando: Dia 21 de novembro de 2013 (quinta-feira), às 18h
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando – 3º andar
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Dica Cultural: Semana Günter Grass no Goethe Institut/ICBA

Clique para ampliar
Günter Grass é um intelectual, romancista, dramaturgo, poeta e artista plástico alemão, ganhador do prêmio Nobel de Literatura de 1999. Nascido em Danzig (a atual Gdansk polonesa), alternou sua atividade literária com sua participação na esfera pública de seu país.

Esse grande autor que também é reconhecido como um dos principais representantes do teatro do absurdo da Alemanha, recentemente polemizou o mundo quando em seu mais novo livro Descascando a Cebola, declarou seu envolvimento, quando adolescente, no final da Segunda Guerra Mundial, com as chamadas “Armas SS” (tropa de elite do exército nazista).

A Semana Günter Grass, em homenagem a esse artista multifacetado, será aberta com o filme O Tambor baseado no romance homônimo que, como poucos na Alemanha, teve um impacto poderoso sobre o público leitor alemão.

Teremos também a participação do ilustre professor da USP, Marcus Mazzari, um dos maiores experts do Brasil em Günter Grass e sua obra, que em sua palestra nos dará a oportunidade de entender esse autor tão sensível e ao mesmo tempo tão polêmico. 

A Semana Günter Grass será encerrada com a leitura dramática de uma obra de Günter Grass, dirigida por Ewald Hackler (Escola de Teatro da UFBA).

PROGRAMAÇÃO:
18/11, às 19h -  O Tambor, filme baseado no romance homônimo de Günter Grass, com direção por Volker Schlöndorff
19/11, às 20h - Palestra do Professor Marcus Mazzari da USP sobre Günter Grass e sua obra
20/11, às 20h  - Leitura dramática de obras de Günter Grass dirigida e correalizada por Ewald Hackler

SERVIÇO:
O quê: Semana Günter Grass
Quando: de 18 a 20 de novembro
Onde: Goethe Institut - ICBA (Corredor da Vitória)
Quanto: Gratuito
Informações: 3338-4700 / bibl@salvadorbahia.goethe.org

Dica Cultural: Seminário em Itaparica tem escolas de samba como tema

Clique para ampliar
A Biblioteca Juracy Magalhães Júnior (Itaparica) sediará, nos dias 28 e 29 de novembro, das 18h às 21h, o 1° Seminário do Samba, O renascer de um grande enredo. O evento tem como finalidade organizar as escolas de sambas no contexto local além de debater e incentivar questões ligadas à sua história.

Para o idealizador do evento, Alaor Macedo, a intenção do encontro é resgatar a tradição das escolas de samba na Bahia. “Muitas das nossas escolas desapareceram, então queremos discutir como podemos fazer com que elas façam parte novamente do carnaval de Salvador. Resgatar esse cenário trazendo alegria e colorido para o cotidiano cultural da cidade são os fundamentos desse evento”.

O evento ocorrerá no auditório da unidade e reunirá diretores de escolas de sambas, presidentes e diretores de agremiações carnavalescas, estudantes, pesquisadores e professores universitários, além de sambistas em geral, que discutirão a revitalização do samba no carnaval soteropolitano.

Quando: Dias 28 e 29 de novembro de 2013, das 18h às 21h
Onde: Biblioteca Juracy Magalhães Júnior - Itaparica
Quanto: Gratuito

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

AVISO: Funcionamento da Biblioteca

Clique para ampliar

Subgerência de Periódicos realiza exposição em homenagem ao Cinema Brasileiro

Clique para ampliar

Dica de Leitura: Virginia Woolf e Fernanda Young

Clique para ampliar
A Dica de Leitura da Biblioteca lança a proposta: que tal aproveitar o feriadão para ler um bom livro? As nossas sugestões de hoje são os livros "Um Teto Todo Seu", da escritora britânica Virginia Woolf, e "Aritmética", da brasileira Fernanda Young. Os interessados podem retirar gratuitamente estes e outros livros no Setor de Empréstimo da Instituição até as 21h, mediante cadastramento prévio.

O Setor de Empréstimo da Biblioteca Pública do Estado da Bahia funciona de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, e aos sábados, das 08h30 às 12h. Fazer o cadastro é simples: basta ter mais de 13 anos e trazer um comprovante de residência e a carteira de identidade. A inscrição deve ser feita no próprio setor. Mais informações: (71) 3117-6021.

Um Teto Todo Seu - Virginia Woolf
Celebrada como uma das mais importantes romancistas do século XX, Virginia Woolf mostra em 'Um teto todo seu' uma faceta de sua produção literária que cada vez mais vem sendo elogiada por seus estudiosos; a ensaística. Nele, a autora inglesa traça um brilhante painel da presença feminina na literatura - não como personagem, mas como escritora - ao longo do tempo.  'Um teto todo seu' presenteia o leitor com uma das mais saborosas características da prosa de Virginia Woolf - a ironia, presente, principalmente, ao comentar estudos tidos como científicos que apresentam a mulher como seres intelectualmente inferiores aos homens. Além do viés feminista da obra, o livro também oferece um amplo e meticulosamente estudado painel da literatura inglesa ao longo dos séculos, fornecendo uma série de nomes e instituições-chave para os apreciadores do tema. 

Aritmética - Fernanda Young
Some triângulos amorosos, traições e desejos, multiplique pelas culpas e você terá como resultado Aritmética, livro de Fernanda Young. Tendo como fio condutor a história de João Dias, escritor famoso, e América, casal de amantes que vive um estranho romance – eles combinam de se encontrar em períodos que correspondem sempre ao dobro do anterior – a obra mostra que, em todos os pares, existe um ímpar, já que a sensação de solidão ronda os casais.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Dica Cultural: CineFacom realiza XI Mostra de Estudantes da UFBA

Clique para ampliar
O CineFacom - Mostra Audiovisual dos Estudantes da UFBA - promove, nesta quarta-feira (13), uma mostra com seis curtas-metragens ficcionais realizados por estudantes do curso de Produção Cultural e do Bacharelado Interdisciplinar em Artes. Marcada para as 19h, a sessão acontecerá no auditório da Faculdade de Comunicação (Facom) da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

O CineFacom é um evento quinzenal, promovido pelo Centro Acadêmico Vladimir Herzog (CAFacom-UFBA), com o objetivo de fomentar a produção audiovisual dos estudantes e o debate sobre a linguagem audiovisual acadêmica e nacional, em especial a baiana. A cada mês é realizado duas edições do evento, sendo uma Mostra Audiovisual de Estudantes da Ufba e uma mostra especial de filmes consagrados do cinema. Atualmente o CineFacom é realizado com apoio da UFBA através do Edital PROEXT/Eventos 2013, com emissão de certificados de horas de extensão acadêmica.

Filmes:

Hortipub | Karol Azevedo | 2´39´´

Hortipub é o ponto de encontro mais badalado de Saladolândia, local onde tudo acontece, do romance à violência. A animação já participou do 2º festival de cinema universitário de Alagoas.

A Moça Bonita | Tiago Oliveira | 3´51´´

Baseado no conto homônimo de Helena Parente Cunha.Uma linda garota paquera um jovem rapaz dentro de um vagão de trem. Durante a viagem, o casal troca olhares e insinuações. Ao final da viagem finalmente, ele e ela partem para um encontro, entretanto um segredo vem à tona e muda as expectativas de ambos. O curta participou do 8º festival de Cinema de Ourinhos em Ourinhos/SP.

Fez-se mar | Luan Bastos | 14´30´´

Após a morte de Laura, o músico Eduardo entra em uma profunda depressão, agravando-se para uma síndrome do pânico, além de se encontrar em um momento de abstinência criativa.

Ingrisilha: uma odisseia no apê | Talita Cerqueira | 6´40´´

Rogério acorda e é pressionado a entregar logo o roteiro do filme pronto. Tudo confabula contra ele, parece quase impossível atingir sua meta.

Coulrofobia | Luciano Marins | 4´06´´

Do que você tem medo? O que somos capazes de fazer para fugir dos nossos piores medos? Qual linha tênue existe entre o real e o imaginário?  "Coulrofobia" é uma história de ficção que trata da psicopatia de uma garota que tem medo de palhaço. O curta foi realizado para a disciplina Oficina de Comunicação Audiovisual, ministrada pelo professor André Setaro. Bia é uma menina que alterna entre o medo e a paranoia, mas o final da história reserva uma grande surpresa e uma pequena lição de moral.

Ismália | Valdíria Souza | 5´

Uma mulher menina imersa num mundo de devaneios, passando seu dia-a-dia presa dentro das suas lembranças e anseios. Adaptado do poema Ismália de Alphonsus de Guimaraens o curta participou da XV Mostra Competitiva do Festival Nacional de Cinco Minutos em 2012.

O quê: XI Cinefacom - Mostra de Estudantes da UFBA
Quando: 13 de novembro de 2013, quarta-feira, às 19h
Onde: Auditório da Faculdade de Comunicação (Facom) da UFBA. Rua Barão de Geremoabo, s/n, Ondina.
Quanto: Entrada franca
Maiores Informações: cinefacom.wordpress.com | cinefacom@gmail.com | facebook.com/cinefacom

Projeto promove sessões de cinema esta quarta-feira na Biblioteca

Imagem do longa "Quanto Vale ou é Por Quilo"
O projeto Filme na Biblioteca apresenta nesta quarta-feira (13) duas sessões de cinema. O longa nacional Quanto Vale ou é Por Quilo?, do diretor Sérgio Bianchi, será exibido às 10h; às 15h, haverá a exibição do filme O Grande Desafio, com direção de Denzel Washington. As sessões acontecerão na Sala de Projeção Luiz Orlando, no 3º andar da Biblioteca, com entrada gratuita.

O Grande Desafio
Melvin Thompson (Denzel Washington) é um brilhante professor e amante das palavras. Embora tenha convicções políticas que possam atrapalhar sua carreira, ele decide apostar nos seus alunos para formar um grupo de debatedores e colocar a pequena Wiley College, do Texas, no circuito dos campeonatos entre as universidades. Mas o seu maior objetivo é enfrentar a tradição de Harvard diante de uma enorme platéia. Inspirado em fatos reais. 

Clique para ver o trailler

Quanto Vale ou é Por Quilo?
Uma analogia entre o antigo comércio de escravos e a atual exploração da miséria pelo marketing social, que forma uma solidariedade de fachada. No século XVII um capitão-do-mato captura um escrava fugitiva, que está grávida. Após entregá-la ao seu dono e receber sua recompensa, a escrava aborta o filho que espera. Nos dias atuais uma ONG implanta o projeto Informática na Periferia em uma comunidade carente. Arminda, que trabalha no projeto, descobre que os computadores comprados foram superfaturados e, por causa disto, precisa agora ser eliminada. Candinho, um jovem desempregado cuja esposa está grávida, torna-se matador de aluguel para conseguir dinheiro para sobreviver.

Clique para ver o trailer

Quando: Dia 13 de novembro de 2013 (quarta-feira), às 10h e 15h
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando - 3º andar
Quanto: Gratuito

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Sarau de abertura da Bienal homenageia a literatura negra e a cultura popular da Bahia

Clique para ampliar
Nesta sexta-feira (08), a partir das 14h, um sarau literário na abertura da XI Bienal do Livro da Bahia 2013 irá homenagear personalidades da literatura negra e da cultura popular baiana. Com o tema “Negras Letras da Bahia”, o sarau terá a participação de atores do teatro baiano que irão recitar contos e poesias em homenagem à Ialorixá Mãe Stella de Oxossi, ao historiador Ubiratan Castro de Araújo, ao poeta Jonatas Conceição e ao cordelista Bule Bule, que participará da abertura com uma apresentação musical. A atividade está prevista para 14h e dará início à programação da Bienal que se estende até o dia 17 de novembro, no Centro de Convenções de Salvador.

Sobre os homenageados

Mãe Stella de Oxossi: quinta Ialorixá do Ilê Axé Opô Afonjá, Mãe Stella ocupa a cadeira 33 na Academia de Letras da Bahia cujo patrono é o poeta Castro Alves, sucedendo o escritor e historiador Ubiratan Castro de Araújo, falecido em janeiro deste ano. Mãe Stella recebeu em 2009 o título de Doutor Honoris Causa da Universidade do Estado da Bahia. Entre os livros publicados pela líder religiosa destacam-se: “Meu tempo é agora” e “Oxóssi – O Caçador de Alegrias”, editado pela Fundação Pedro Calmon/SecultBA, em 2006.

Bule Bule: Antônio Ribeiro da Conceição, popularmente conhecido como Bule-Bule é um músico, repentista, escritor e poeta baiano. Autor de obras de cordel, Bule-Bule é considerado um mantenedor das tradições musicais sertanejas da Bahia, com ritmos típicos da ascendência africana. Recebeu o título de cidadão honorário da capital baiana em 1993.

Jonatas Conceição: Poeta, escritor e um dos mais importantes intelectuais do movimento negro da Bahia, Jonatas foi professor da Universidade do Estado da Bahia e atuou em várias frentes de luta contra o racismo e pela valorização da identidade e culturas negras. Foi um dos pioneiros do Movimento Negro Unificado e também diretor do bloco afro Ilê Aiyê. Faleceu em 2009, deixndo como legado obras como Quilombo das Palavras (1998 e 2000) e Vozes quilombolas: uma poética brasileira (2004).

Ubiratan Castro de Araújo: Professor Doutor Ubiratan Castro de Araújo exerceu, entre 2007 e 03 de janeiro de 2013, o cargo de diretor-geral da Fundação Pedro Calmon. Doutor em História pela Université Paris IV-Sorbonne, Mestre em História pela Université Paris X-Nanterre, Licenciado em história pela Universidade Católica do Salvador e Bacharel em Direito pela Universidade Federal da Bahia. Ocupou a cadeira 33 da Academia de Letras da Bahia. Entre os livros publicados, destacam-se: A Guerra da Bahia, Salvador Era Assim – Memórias da Cidade, Sete Histórias de Negro, o primeiro trabalho ficcional do autor e Histórias de Negro (versão ampliada).

Estandes, mesas de debate, encontros com escritores e diversos eventos irão compor os dez dias da Bienal do Livro da Bahia 2013, que acontece entre os dias 08 e 17 de novembro. Confira a programação completa através do site: 

O quê: Sarau de abertura – Bienal do Livro Bahia 2013
Quando: Dia 08 de novembro de 2013, às 14h
Onde: Centro de Convenções de Salvador - Boca do Rio
Informações: http://www.bienaldolivrobahia.com.br/